Processamento de Pagamentos
Gateway de pagamentos e suas alternativas seguras para lucrar mais

Gateway de pagamentos e suas alternativas seguras para lucrar mais

As transações financeiras de um negócio virtual exigem alguns pontos de atenção, tais como eficiência, segurança e agilidade. Sem eles, os clientes podem ter uma experiência de compra prejudicada, o que não é bom para uma empresa como a sua, não é mesmo?

Para evitar problemas e clientes insatisfeitos na hora de concluir uma venda, é preciso contar com um sistema capaz de fazer a ponte entre o negócio e as instituições financeiras.

Isso pode ser feito por meio de um gateway de pagamentos. Entenda mais a seguir.

O que é um gateway de pagamento?

Gateway de pagamento é uma tecnologia que conecta e transfere os dados de um usuário para instituições financeiras. Essas instituições podem ser fintechs, bancos, operadoras de cartão etc.

O objetivo de um gateway de pagamento é o de facilitar a comunicação entre o negócio virtual, o cliente e a instituição financeira. Ao fazer isso, o sistema possibilita a realização de transações financeiras no ambiente online.

O que faz um gateway de pagamento?

Além de possibilitar as transações financeiras, os gateways podem oferecer aos compradores de um e-commerce ou marketplace diferentes opções como Pix, boleto bancário, cartão de crédito e débito, débito em conta etc.

Esses sistemas podem ainda automatizar todo o processo de pagamento. É o caso quando o gateway realiza também funções como envio de confirmação de um pagamento/recebimento, geração de relatórios financeiros e outras.

Como funciona um gateway de pagamento?

Para iniciar, de um lado temos o comerciante que realiza a venda de um produto ou serviço, enquanto de outro, o comprador propriamente dito. O cliente, após escolher o que deseja adquirir, dirige-se à página de checkout.

Nesse momento, a loja usa o gateway para fazer a cobrança. O consumidor, então, escolhe a forma como deseja pagar.

Uma vez que a escolha tenha sido feita, o negócio virtual realiza a comunicação com a instituição financeira a fim de verificar se as informações passadas pelo cliente estão corretas e/ou se há saldo disponível para a conclusão da transação.

A ilustração abaixo ajuda a entender melhor o processo:

Quais as vantagens e desvantagens de um gateway de pagamento para negócios virtuais?

Vantagens

  • Checkout transparente, isto é, o cliente não é direcionado para outra página para realizar o pagamento;
  • Gestão de pagamentos pode ser feita em um único local;
  • Possibilidade de personalização de tipos de pagamentos a serem aceitos;
  • Geração de relatórios que ajudam gestores a tomarem decisões sobre o negócio;
  • Confirmação imediata de pagamento.

Desvantagens

  • Diversas integrações são necessárias para operar um gateway;
  • Ausência de um sistema antifraude;
  • Custo de setup, pois há empresas no mercado que cobram uma taxa de homologação;
  • Demora para liquidar pagamentos, podendo chegar a 31 dias;
  • Taxas das operações financeiras costumam ser mais altas que a dos intermediadores de pagamentos;
  • Nos pagamentos via cartão, se o cliente optou por pagamento em cinco vezes, a loja receberá da mesma maneira (e isso pode afetar o fluxo de caixa).

Pix no gateway de pagamento

Conforme mencionamos, o gateway de pagamento possibilita que o negócio virtual ofereça aos seus clientes diferentes formas para pagar. A vantagem disso é que quanto mais opções os compradores tiverem, maiores são as possibilidades de que a venda seja concluída (e maiores são também as chances de que novos clientes sejam atraídos).

Dentre os diversos meios de pagamentos que podem ser aceitos por um marketplace ou e-commerce destacamos o Pix. Para que seu negócio virtual possa aderir ao meio instantâneo de pagamento é preciso verificar os gateways que o aceitam. Outra opção para disponibilizar o Pix aos seus clientes é contar com uma plataforma de pagamentos.

Se você tem alguma dúvida sobre o uso do Pix no negócio virtual, preparamos um guia completo, no formato de perguntas e respostas, sem complicações e 100% gratuito. Acesse-o agora mesmo!

Banner Guia completo do Pix para empresas: tire suas dúvidas e comece a usar!

Plataforma de pagamentos como opção para seu negócio virtual

Uma plataforma de pagamentos atua como intermediadora de pagamentos, a qual conecta e-commerces e marketplaces com as instituições financeiras. Essa integração é feita por meio de APIs de pagamentos.

As vantagens em utilizar uma plataforma de pagamentos são muitas, como por exemplo:

  • Mais segurança contra fraudes e ataques de hackers;
  • Implementação facilitada;
  • Menos custos;
  • Fácil integração com o negócio virtual;
  • Geração de relatórios para análise de pagamentos e recebimentos;
  • Checkout transparente;
  • Burocracia reduzida.

Além disso, plataformas de pagamentos robustas oferecem aos clientes de um comércio eletrônico a possibilidade de utilizarem o Pix para pagar.

Para as empresas, receber via Pix significa contar com a entrada instantânea dos valores das vendas, fator que contribui para um melhor controle do fluxo de caixa e mais capital de giro. Outros pontos positivos são a diminuição da taxa de abandono do carrinho, a redução de custos, melhor controle do estoque e o aumento da segurança.

Saiba mais como ganhar eficiência em operações financeiras com a API Pix. Para isso, preparamos um material no qual mostramos as possibilidades que uma API Pix oferece aos negócios e como a sua empresa pode fazer essa integração.

Material API Pix

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!