A Transfeera não realiza empréstimos financeiros. Em caso de dúvidas, fale com nossa ouvidoria.

Gestão Financeira
Como receber com QR Code via Pix no físico e no digital

Como receber com QR Code via Pix no físico e no digital

Em um ano. a quantidade de transações Pix saltou em 40%. Este é apenas um dos dados que mostra o quanto o meio de pagamento já faz parte da vida dos brasileiros. Não é para menos, afinal sua agilidade e praticidade são duas características que se destacam.

Basta vermos a rapidez de fazer um pagamento via QR Code Pix, por exemplo. Para lojas online, isso pode representar queda no abandono de carrinho, enquanto para lojas físicas significa menos custos, dentre outras vantagens.

Mas, você sabe o que fazer para receber por QR Code Pix? Explicamos tudo neste artigo.

O que é QR Code Pix?

O QR Code Pix é uma das maneiras de pagar e receber por Pix e funciona como um atalho para a chave Pix. Isso porque a empresa ou o estabelecimento comercial não precisa divulgá-la para receber um pagamento, pois basta apenas mostrar o código QR para que o cliente o escaneie e siga com a transação.

Existem dois tipos de QR Code: o estático e o dinâmico, também conhecido por QR Code cobrança. Entenda como funciona cada um.

QR Code estático

É a opção mais indicada para pequenos varejistas e prestadores de serviços. Como o nome sugere, trata-se de um QR Code que não muda e que, portanto, pode ser utilizado em várias transações.

Explicando melhor, quando uma empresa, estabelecimento comercial ou pessoa física tem um valor fixo a receber, pode passar um único QR Code que pode ser acessado toda vez que o pagamento for feito.

QR Code dinâmico

O QR Code dinâmico é como se fosse um boleto 2.0, pois possibilita cobranças em datas futuras (mas também permite cobranças imediatas). A diferença é que o tempo de compensação do pagamento é praticamente instantâneo, algo que não ocorre com os boletos.

Na prática, a empresa gera um QR Code com valor, data de vencimento, juros e multas por atraso, entre outras informações. Esse código é criado por transação, isto é, por venda.

Destacamos que este tipo de QR Code é mais recomendado para pagamentos ou cobranças em marketplaces e e-commerces no geral. Ele também permite a inclusão de informações relacionadas ao Split de Pagamentos.

Graças ao split, a divisão dos valores recebidos pode ser feita automaticamente para os vendedores de um marketplace. Clique no banner para entender melhor sobre essa funcionalidade:

Banner Split de Pagamentos Pix

Como receber por QR Code Pix?

Para receber por QR Code Pix é preciso gerar um código. Isso pode ser feito de duas maneiras.

  1. A primeira é diretamente pela instituição financeira na qual a loja ou a empresa possui conta. Os aplicativos de bancos costumam vir com as opções de receber por Pix. É preciso, então, informar o valor da cobrança para criar o código, o qual é compartilhado ou apresentado ao cliente.
  2. A segunda alternativa é por meio de uma plataforma de pagamentos, como é o caso da Transfeera. Para isso, é necessário integrar o sistema com a nossa API Pix. A integração é fácil e rápida, e explicamos melhor sobre isso mais adiante.

Antes, vamos analisar como receber por Pix considerando duas situações: lojas físicas e lojas online.

QR Code Pix para loja física

Se a loja física possui pouca movimentação, pode gerar um QR Code estático e deixá-lo em um lugar visível.

Desse modo, quando clientes forem realizar seus pagamentos, tudo o que eles precisam fazer é abrir o aplicativo de seus bancos, escolher a opção “pagar por QR Code” e apontar o celular para o código. Em seguida, têm que digitar o valor da compra e concluir o pagamento.

Outra opção é o QR Code dinâmico no monitor do caixa. Ela é recomendada para negócios com alto volume de transações, mas vale também para lojas menores.

Lembra que comentamos que o código dinâmico é gerado por venda? Pois bem, na hora que o cliente for pagar, o operador do caixa gera o QR Code já com o valor da transação.

Essa opção traz muito mais agilidade e praticidade, pois o cliente não precisa nem digitar o valor da venda.

Quais os benefícios de vender com QR Code Pix em frente ao caixa?

QR Code Pix para e-commerce

Nas lojas virtuais, o QR Code é apresentado ao cliente na tela de checkout. Tudo que ele precisa fazer é apontar o dispositivo móvel para a tela, conforme instruções do aplicativo da instituição financeira que utiliza.

Para que tudo isso seja possível e a geração de cobranças Pix torne-se ainda mais transparente, segura e agilizada, é necessário integrar o sistema financeiro do negócio digital com uma API Pix. A seguir você entenderá melhor sobre ela.

Como funciona a API Pix?

Para começo de conversa, API é a sigla para Application Programming Interface. Trata-se de uma tecnologia que tem como objetivo possibilitar a troca de dados em tempo real e fazer com que duas aplicações diferentes conversem entre si.

Toda API Pix é padronizada pelo Banco Central do Brasil, o que significa também que todas devem respeitar um padrão definido pelo BC.

Na prática, quando o comprador seleciona o Pix como método de pagamento, a API faz a chamada para a geração de QR Code. Assim que o pagamento é feito, a própria API envia um alerta, notificando o recebedor e o pagador.

API Pix da Transfeera

A API Pix da Transfeera pode ser integrada ao ERP que o e-commerce ou o estabelecimento comercial utiliza. Uma das vantagens é que com essa integração a equipe financeira não precisa mais realizar atividades manuais como pegar o arquivo de retorno para dar baixa nos pagamentos no ERP.

Com a tecnologia, todo esse processo é feito automaticamente. Outras vantagens incluem:

  • Pagamentos e recebimentos em um só lugar e sem o Internet Banking;
  • Redução de custos operacionais bancários;
  • Experiência de checkout sem atrito;
  • Redução do risco de fraude e mais segurança com recursos robustos de autenticação de pagamento;
  • Envio de alerta a cada nova entrada de valor na conta;
  • Comprovante de recebimento do cliente ou parceiro em tempo real;
  • Emissão de QR Codes estáticos ou dinâmicos para fazer cobranças com Pix;
  • Integração com o ERP;
  • E outras.

Além da saber dos benefícios, que tal entenda melhor como funciona o recebimento por Pix com a Transfeera? Acesse agora mesmo o material 100% gratuito, veja como é feita a integração da API e fique por dentro das possibilidades que seu negócio terá com a tecnologia. Clique no banner:

Produto - Para Receber

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!