Processamento de Pagamentos Use uma API de pagamento para automatizar seu financeiro

Use uma API de pagamento para automatizar seu financeiro

Fernando Nunes

Fernando Nunes

As rotinas financeiras podem ser tarefas bem pesadas para uma empresa que realiza muitos pagamentos, com diferentes TEDs, bancos e favorecidos. Nesse caso, a automatização de processos, usando uma API de pagamento, é sempre o melhor caminho: além de garantir mais agilidade nas transações, os riscos de falhas são reduzidos e toda a operação ganha mais eficiência e segurança.

De acordo com um estudo realizado pela Broadcom, que entrevistou profissionais de TI de 21 países, entre eles o Brasil, 54% das empresas acreditam que o uso de APIs traz vantagens que as diferencia dos concorrentes. 

De fato, a integração via API ao sistema da empresa, por exemplo, é a melhor maneira de aproveitar as funcionalidades de uma ferramenta de pagamento, já que é possível ganhar eficiência, escala e, por consequência, competitividade.

Entenda as vantagens de ter uma plataforma de gestão e processamento de pagamentos para automatizar o contas a pagar da sua empresa e como uma API de pagamento pode contribuir para que os processos fiquem ainda mais fáceis. 

Continue a leitura e fique por dentro das possibilidades desse tipo de integração.

Por que contar com uma plataforma de gestão e processamento de pagamentos?

Antes de falarmos da importância de integrar a API de pagamento ao sistema financeiro da sua empresa, é fundamental entender por que contar com uma plataforma de gestão e processamento de pagamentos.

Para empresas que realizam muitos pagamentos, é fundamental usar uma plataforma que automatize os processos para que não a operação não saia do controle, e a empresa toda possa crescer e escalar processos com segurança. 

Um exemplo é  o AiQFome, aplicativo de delivery de comida que faz 4 mil TEDs todo mês para pagar os restaurantes. Realizar todas essas transferências manualmente, além de ser um trabalho exaustivo, não é nada seguro. Afinal, a chance de falhas é enorme.

Foi usando a nossa plataforma de pagamento, que realiza transferências em lote automaticamente e com validação de dados bancários, que o AiQFome conseguiu reduzir as falhas nas transações para menos de 3%.

Isso porque o validador de contas bancárias da plataforma faz uma verificação completa dos dados por meio de algoritmos e consulta a CPF/CNPJ.

Se qualquer dado estiver incorreto, a solução acusa o erro e identifica qual é o possível problema, evitando estornos, atrasos e retrabalho. 

Mais do que garantir essa segurança para o processo de pagamento, uma plataforma automatizada também faz o envio automático dos comprovantes de transferências para os favorecidos. 

Essa facilidade também contribui para um melhor relacionamento com clientes, parceiros e fornecedores e para uma imagem de uma empresa organizada e de credibilidade.

Ao optar por uma plataforma de gestão e processamento de pagamentos, é possível ter uma visão completa das TEDs realizadas e das que retornaram, garantindo ainda a identificação de quais dados estavam errados para poderem ser corrigidos facilmente.

Além de todas essas vantagens, as taxas de transferências são bem mais baixas do que as cobradas pelas instituições bancárias.

Portanto, adotar uma plataforma de gestão e processamento de pagamentos se torna uma medida também mais econômica para a empresa.

Como uma API de pagamento pode facilitar os processos?

Para realizar os pagamentos pela plataforma Transfeera, por exemplo, você pode importar planilhas com os dados das transferências a serem realizadas.

No entanto, a maneira mais prática e segura é integrando a ferramenta a API de pagamento ao seu sistema financeiro.

Dessa forma, os processos ganham eficiência total porque você consegue fazer tudo diretamente do sistema que já usa.

Por exemplo, a API de pagamento dispõe de webhooks, que emitem avisos quando determinada ação ocorre. Ou seja, é possível programar para o sistema avisar sempre que houver algo novo, como um pagamento que retornou. 

Os dados chegam instantaneamente de uma ferramenta para a outra, sem que seja necessária a redigitação de dados e uma verificação constante, eliminando o tempo perdido com retrabalho.

Conteúdos Relacionados:

Além disso, uma API de pagamento geralmente oferece gerenciamento de erros, que auxilia a empresa a identificar um possível problema na integração. 

Esse é um cuidado que temos na Transfeera, mostrando total transparência a cada eventual erro na integração e sinalizamos o que cada erro significa. Confira aqui.

No nosso caso, também mantemos uma página que apresenta um histórico dos status dos serviços ofertados para que a empresa que usa a nossa API de pagamento tenha acesso à disponibilidade deles. A página pode ser acessada aqui.

Mas, antes de integrar a API de pagamento, é importante contar com um ambiente de sandbox, que garante ao desenvolvedor a criação de testes de forma muito semelhante ao ambiente principal. Isso vai facilitar e agilizar o início da integração.

Esse é um dos cuidados necessários para fazer uma integração segura de API de pagamento. 

Para ter mais informações sobre como ter ainda mais segurança neste processo, confira um material completo que preparamos com as principais dicas.