Processamento de Pagamentos
Fatura recorrente no Pix é possível?

Fatura recorrente no Pix é possível?

Do lado das empresas, as faturas recorrentes são uma maneira de reduzir a inadimplência, garantir uma receita contínua e obter melhor previsibilidade do fluxo de caixa. Já por parte dos consumidores, a recorrência garante uma certa comodidade.

Basta vermos organizações como Netflix, Amazon e Spotify, que se baseiam na cobrança recorrente e fazem parte da vida de muitos de nós, para entendermos: o sucesso do modelo faz muitos negócios virtuais quererem adotá-lo também. Contudo, existem algumas dúvidas sobre o assunto.

Uma delas é se o Pix pode ser usado para cobranças recorrentes. Se sim, como fazer isso? Essas e outras perguntas são respondidas a seguir. Aproveite!

Banner Guia completo do Pix para empresas: tire suas dúvidas e comece a usar!

O que são as faturas recorrentes?

As faturas recorrentes referem-se às cobranças que ocorrem periodicamente. São feitas em três modelos: assinaturas, planos ou mensalidades. Como exemplos citamos os planos de academias, serviços de streaming (como Netflix e Sportify), clubes de assinatura (clube do livro, do vinho etc), empresas SaaS (Software as a Service) e outros.

Na cobrança recorrente existe um acordo entre cliente e empresa com relação ao meio de pagamento adotado, a data e o período no qual o valor será cobrado. Até pouco tempo atrás, os meios utilizados para o faturamento recorrente eram:

  • Boleto bancário;
  • Débito automático; e
  • Cartão de crédito.

Com o surgimento do Pix e sua rápida adoção, veio a pergunta:

É possível utilizar o Pix para o faturamento recorrente?

Indo direto ao ponto: sim, e isso é possível graças ao QR Code Dinâmico. Conhecido também por Pix Cobrança, ele é uma forma de “boleto 2.0”.

Como acontece com o tradicional boleto bancário, no caso do Pix o emissor do QR Code Dinâmico também consegue:

  • Agendar uma cobrança;
  • Definir a data de pagamento;
  • Definir juros, multas e descontos.

Portanto, o QR Code Dinâmico possui as características que um boleto tem para que possa ser utilizado nos faturamentos recorrentes. A diferença é que, ao contrário dos boletos, a compensação do Pix é instantânea.

Leia também: Boletos bancários e Pix – quais as diferenças entre as duas formas de pagamento?

Por que adotar o Pix no faturamento recorrente?

Empresas que adotam o Pix na cobrança recorrente têm algumas vantagens, como:

Facilidade de uso

A facilidade de utilização do Pix é algo que pode ser destacado tanto para empresas quanto para clientes.

  • Para empresas existe a vantagem de pagamento 24 horas por dia, 7 dias da semana (inclusive aos feriados), além de todos os outros benefícios que podem ter ao receber por Pix.
  • Para clientes, o fato de eles não precisarem preencher vários dados para concluir uma transação (como ocorre com o cartão de crédito), torna o Pix mais fácil de ser utilizado.

Taxas reduzidas

Se um cliente pessoa física decidisse fazer um TED ou DOC, poderia ter que pagar uma taxa pela transação (a cobrança e o valor dependem da instituição financeira). Já no caso do Pix, para pessoas físicas seu uso é gratuito.

Para pessoas jurídicas as instituições bancárias podem cobrar um valor por transação, contudo, ele ainda é mais baixo do que o cobrado nas transferências por TED e DOC.

Segurança

Para ofertarem pagamentos por Pix, os participantes diretos ou indiretos do Sistema Pix devem ser homologados pelo Banco Central (Bacen). Eles igualmente precisam emitir certificados de segurança, o que já garante processos mais seguros.

Adicionalmente a isso, o próprio Bacen frequentemente atualiza mecanismos e lança medidas para certificar que transferências e pagamentos utilizando o meio instantâneo sejam cada vez mais seguros. Além disso, a instituição esclarece que a segurança do Pix reside em quatro pilares:

  • Autenticação do usuário;
  • Rastreabilidade das transações;
  • Tráfego seguro de informações, com criptografia na Rede do Sistema Financeiro Nacional (RSFN); e
  • Regras de funcionamento que mitigam riscos de fraudes.

Agilidade

As transações via Pix acontecem em questão de segundos. Essa agilidade garante que a empresa consiga ter maior controle do fluxo de caixa, pois não precisa esperar dias até um pagamento ser processado.

Para ilustrar, pense nos boletos bancários, cujo tempo de compensação pode variar de 1 a 3 dias úteis. Isso significa que pagamentos realizados em um final de semana podem levar até quarta-feira para entrar na conta do recebedor.

Com o Pix esse cenário não acontece, o que o torna muito mais vantajoso em faturamentos recorrentes, pois o dinheiro é recebido quase que instantaneamente, facilitando também a gestão dos recebíveis.

Banner Três cases de sucesso com o Pix

Solução para usar o Pix na fatura recorrente

O controle dos pagamentos online em um faturamento recorrente precisa ser minucioso. Se o contas a receber tiver algum descuido, pode ter problemas que vão desde aumento de gastos até perda de reputação.

Para que a empresa conte com agilidade, segurança e uma operação isenta de erros, o ideal é que o processo de recebimento recorrente seja automatizado.

A solução da Transfeera para receber é uma plataforma para automatização da gestão de recebíveis via Pix, e que emite QR Codes Dinâmicos para cobranças recorrentes. Assim, além dos benefícios do meio de pagamento, sua empresa conta com uma tecnologia que realiza o controle dos recebimentos em tempo real, simplificando tarefas de rotina.

Por exemplo, a solução automatiza a conciliação bancária. Com isso, a empresa consegue agir na hora certa em caso de inadimplência.

Destacamos também que, ao automatizar o cash in com a plataforma da Transfeera, gestores têm acesso aos relatórios financeiros. Isso os possibilita avaliar a eficácia dos pagamentos, bem como traçar um plano de ação em caso de problemas.

Pix com a Transfeera

Com a solução para pagamentos e recebimentos por Pix da Transfeera, sua empresa tem os seguintes benefícios:

  • Recebimento de alerta a cada nova entrada de valor na conta;
  • Transações instantâneas, garantindo um fluxo de caixa sempre atualizado.
  • Pagamentos e recebimentos centralizados, sem precisar acessar o Internet Banking;
  • Confirmação automática de recebimento, com emissão de comprovante em tempo real.
  • Emissão de QR Code estático ou dinâmico de cobrança;
  • Integração com o ERP financeiro da empresa.

A integração da solução da Transfeera é feita por meio de API. Descubra as possibilidades que uma API Pix oferece aos negócios e como a sua empresa pode fazer essa integração. Clique no banner e acesse o material sobre o assunto:

Produto - API Pix

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!