Gestão Financeira
Pix cobrança: conheça três cases de sucesso da ContaTransfeera

Pix cobrança: conheça três cases de sucesso da ContaTransfeera

Fernando Nunes

Fernando Nunes

Fazer cobrança e receber dinheiro de clientes e parceiros pode não ser uma tarefa tão simples para as empresas, além de trabalhosa, a operação pode ser cara, e demorar dias até que o dinheiro chegue de fato a sua conta, dependendo da maneira usada para receber os valores.

No caso do boleto, o dinheiro fica disponível somente no dia útil seguinte após o boleto ser pago, o valor da taxa é fixo por boleto, o pagamento deve ser feito somente em dias úteis e a emissão do boleto tem regras mais complexas.

No cartão de crédito, por mais que o pagamento possa ser feito a qualquer dia e horário, o dinheiro recebido fica disponível cerca de 28 dias depois do pagamento, em média; existe um pagamento de taxa percentual a transação além de o recebedor precisar portar ou alugar uma maquininha.

O processo de cobrança, recebimento, ou depósito, é ainda mais oneroso para as empresas que precisam receber grandes quantidades de dinheiro. Uma das grandes dores dos gestores são os custos desnecessários decorrentes desses processos financeiros ineficientes, para essas questões, o avanço da tecnologia pode ser um grande aliado, como por exemplo, a função Pix Cobrança.

Segundo o relatório de estabilidade financeira divulgado pelo BC, em seis meses a utilização do Pix aumentou em 360%. Nos processos de cobranças, o Pix traz mais agilidade, pois pode levar até 10 segundos para ser processado.

O objetivo da Transfeera é ajudar as empresas a reduzirem os custos operacionais a partir da automatização de pagamentos e da validação de dados bancários, garantindo que os valores sejam sempre entregues aos favorecidos corretos.

Nesse sentido, a ContaTransfeera automatiza as rotinas de pagamentos e de recebimentos por meio de pagamentos instantâneos, com o Pix, e, com isso, contribui para mais eficiência no controle do fluxo financeiro.

Neste artigo, entenda como a Pay4Fun, a Droper e a Rifa Tech impulsionaram suas operações com a ContaTransfeera e tornaram o processo de cash in mais eficiente. Confira!

 

Como funciona a ContaTransfeera para cash in?

A ContaTransfeera integra as rotinas de pagamentos e de recebimentos das empresas, eliminando a necessidade do contato com os bancos. A solução pode ser conectada a qualquer operação e em qualquer sistema, a tecnologia da Transfeera cuida do controle e das atividades operacionais a partir do recebimento e/ou da confirmação de pagamentos.

Para oferecer soluções Pix a Transfeera é uma das participantes do Sistema de Pagamentos Instantâneos Brasileiro (SPI) autorizada junto ao Banco Central.

A ContaTransfeera segue a tendência dos conceitos de “invisible bank”, que privilegia a facilidade e a transparência em todo o processo e o foco em tecnologia. Sendo assim, em vez de entrar no Internet Banking para efetuar e confirmar as transações, a gestão pode ser feita diretamente pela ContaTransfeera, que garante que os pagamentos e os recebimentos sejam realizados e monitorados por API.

Leia também: Estudo market share de bancos 2021: como a descentralização e a digitalização impactam bancos tradicionais

 

Conheça os benefícios de usar o Pix Cobrança ContaTransfeera

Listamos as principais vantagens de contar com essa solução para automatizar os pagamentos e os recebimentos via Pix Cobrança da sua empresa:

Pagamentos e recebimentos em um só lugar sem o Internet Banking confuso e burocrático

Com a ContaTransfeera, não há mais a necessidade de manter contas em bancos. A solução permite controlar todas as entradas e as saídas de dinheiro diretamente no ambiente financeiro da empresa.

Transações instantâneas

Automatizando a rotina de pagamentos e recebimentos com a ContaTransfeera, a empresa realiza e recebe transações instantâneas 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem precisar esperar. Além disso, pela plataforma é possível assumir o controle total do fluxo de caixa, organizando o financeiro com agilidade e transparência.

Confirmação automática de recebimento

A solução permite mais agilidade e transparência na relação com clientes e parceiros da empresa, eliminando a necessidade da compensação bancária. A plataforma emite um alerta a cada nova entrada de valor na conta e garante em tempo real o comprovante de recebimento do cliente ou parceiro.

Emissão de QR Codes de cobrança

Com o Pix Cobrança a empresa pode gerar um QR Code estático para que o cliente ou parceiro faça pagamentos ou um QR Code dinâmico, que permite mais segurança e controle sobre cada recebimento na conta. Para quem busca facilidade na conciliação financeira, o ContaTransfeera pode ajudar. Isso porque na nossa plataforma o usuário tem controle total do fluxo de caixa da empresa, podendo organizar os recebimentos com toda a agilidade e transparência.

Esqueça os boletos, foque no Pix

A ContaTransfeera garante que a empresa elimine a necessidade de negociar taxas de emissão de boletos com o banco, fazer controles manuais de baixas e se preocupar com dias úteis para compensação bancária. A automatização do processo de cobrança, além de reduzir custos operacionais bancários e a perda de tempo, ainda facilita o controle do recebimento do valor devido diretamente no ERP da empresa.

API robusta e de fácil integração

A Transfeera disponibiliza uma API bem documentada que facilita o trabalho do cliente na hora da integração. Um exemplo é conexão com o ERP, assim, a empresa pode economizar tempo, e deixa de correr o risco de errar digitando ou copiando e colando os valores e os dados manualmente de uma página para a outra, já que é possível reunir toda a rotina financeira e bancária em um só lugar.

Velocidade do Pix a favor da venda e do seu fluxo de caixa

Quando a empresa oferece apenas o boleto como forma de pagamento, o cliente pode desistir da compra porque ele demora para compensar e você perde até 2 dias úteis com seu estoque parado. Com a ContaTransfeera, a confirmação de pagamento acontece instantaneamente e o produto chega mais rápido na casa do cliente.

 

Confira empresas que já comemoram os bons resultados do Pix cobrança com a Transfeera

 

Droper: Pix como diferencial competitivo

 

A Droper, marketplace brasileiro de compra e venda de tênis e itens streetwear, é cliente da Transfeera desde dezembro de 2020 e já movimentou cerca de R$ 5 milhões em recebimentos via Pix na ContaTransfeera. A startup, que possui o DJ Alok como sócio, soma mais de 70 mil clientes na plataforma e tem um faturamento mensal que ultrapassa R$ 3 milhões.

Antes de utilizar a solução da fintech, a Droper já possuía integração com outras plataformas para realizar o mesmo serviço. Entretanto, enfrentava alguns problemas: as altas taxas para realizar transações, instabilidade dos serviços oferecidos pelos parceiros e dificuldade com a integração.

Dados os desafios, a empresa precisava de um novo fornecedor que realizasse a entrega de valores para os vendedores parceiros da plataforma, com distribuição automática e segurança. Assim, a Droper encontrou na Transfeera a solução para as dores enfrentadas.

Dentre os benefícios da plataforma da Transfeera, Alberto Roque, cofundador e CEO da Droper, destaca: a API bem documentada, com fácil integração e com resposta rápida; segurança, também pela autenticação em dois fatores; simplicidade para acessar relatórios e comprovantes de envio de transferências; estabilidade no sistema e manutenção rápida, que geralmente ocorrem de madrugada e não atrapalham a rotina do marketplace.

Além disso, o CEO da empresa empresa comenta sobre a facilidade de transferir dinheiro para a ContaTransfeera por meio do Pix: a operação é feita de uma conta da Droper em outra instituição para a conta na Transfeera que está em nome do marketplace, facilitando a comprovação contábil de movimentações.

Em um modelo de negócio de marketplace, é necessário realizar a divisão dos valores dos pagamentos. Nesses casos, é feito o split de pagamento ou split payment que facilita o repasse dos valores para os vendedores e para a plataforma. A Droper utiliza a Transfeera como operacionalizador das suas transações de split. Seu sistema interno possui as regras de negócio dos repasses e a integração via API com a  Transfeera possibilita a liquidação dos valores de forma transparente e segura.

“A Cobrança Pix foi essencial para o aumento das nossas vendas, hoje ele é o principal meio de pagamento do nosso site. Nossos clientes gostam bastante dessa modalidade e nós vemos muitos benefícios, como devolução mais rápida em caso de estorno e a segurança. Com certeza saímos na frente da concorrência porque facilitamos a vida do consumidor final e do vendedor”, diz Alberto Roque.

Leia também: Black Friday 2021: o seu financeiro está preparado para receber via Pix?

 

Pay4Fun: 80% dos recebimentos via Pix

 

Para acelerar a escalada do negócio, a Pay4Fun, plataforma de pagamentos online, escolheu a Transfeera, que garante pagamentos e recebimentos por Pix. Inicialmente, a Pay4Fun processava 300 pagamentos no mês e hoje processa mais de 20 mil.

O principal obstáculo enfrentado pela Pay4Fun antes da Transfeera  era o alto grau de manualidade do processo de pagamentos. A morosidade da operação também era um desafio grande. De acordo com o cofounder e CFO da Pay4Fun, Marlon Rupe, a decisão pela solução da Transfeera foi principalmente porque a fintech resolveria todos os problemas enfrentados na operação financeira da Pay4Fun, trazendo agilidade e um retorno mais rápido de informações (como motivos de estorno, por exemplo).

A expectativa era diminuir o tempo gasto no processamento dos pagamentos. Antes eram necessários cerca de dois ou três dias para processar cada pagamento. Hoje, com a solução de pagamentos automatizada, mesmo com uma operação muito maior, é possível processar todos os pagamentos no mesmo dia.

“As nossas expectativas eram muito altas em relação à solução da Transfeera porque a proposta atenderia às nossas necessidades em muitos aspectos. Ficamos muitos satisfeitos após o início da operação, tanto com a utilização do produto quanto com o time de atendimento, que é muito atencioso e fácil de contatar em caso de dúvidas ou problemas. Tudo colaborou para que o processo fluísse muito bem e isso foi fundamental para a sinergia entre as empresas”, explica Marlon.

Hoje a Pay4Fun utiliza, por meio de API, a ContaTransfeera para a gestão e processamento de pagamentos (cash out) e para recebimentos (cash in), assim, a empresa consegue pagar e receber no mesmo sistema.

Cerca de 80% das transações da Pay4Fun são via Pix (antes eram TED ou DOC em um processo todo manual) e em um ou dois minutos o cliente já tem acesso ao saldo depositado. Em setembro foram realizados 59 mil recebimentos de transferências pelo Pix Cobrança. Ao todo a empresa já movimentou mais de R$ 65 milhões com a Transfeera, por meio do Pix. Um diferencial de segurança que só a Transfeera oferece também faz parte: apenas clientes que a Pay4Fun conhece podem pagar pela cobrança emitida. 

 

Banner Guia completo do Pix para empresas: tire suas dúvidas e comece a usar!

 

Antes, para efetivar recebimentos, a empresa trabalha com contas nos cinco principais bancos do país com um processo inteiramente manual: o cliente escolhia um dos cinco banco disponíveis  e confirmava a transação, entretanto, os problemas era muitos: em determinados horários, os bancos travavam a operação pelo volume de demandas e o cliente entrava em contato com a Pay4Fun solicitando respostas, por vezes sobrecarregando o time de suporte. Anteriormente, havia um volume de atendimento muito grande: a empresa atendia cerca de 2 mil chats por dia, hoje atende cerca de 800. 

A ContaTransfeera também solucionou a preocupação com fraudes e lavagem de dinheiro, já que por meio da validação de dados bancários, se houvesse inconsistência na titularidade, a transação nem iria existir, resolvendo o problema na raiz.

 

Rifa Tech: conforto e segurança para doadores

 

A Rifa Tech, plataforma de colaboração financeira, sentiu na pele a urgência de oferecer Pix como método de pagamentos para quem quisesse contribuir com campanhas solidárias sem fins lucrativos na plataforma. 

A empresa precisava diversificar os seus processadores de pagamentos e encontrou na Transfeera uma solução segura, automatizada e eficiente para Cobrança Pix.

O objetivo da Rifa Tech era substituir o boleto bancário, que traz inúmeras dificuldades operacionais, como demora na operação, alto risco de desistência de contribuição, além da inatividade nos fins de semana. Para a empresa, é essencial que a doação ocorra de maneira fluida e sem atritos.

Assim, o Pix se mostrou a maneira mais eficiente de receber as doações, por ser instantâneo, estar disponível a qualquer hora, ser gratuito, mais rápido, apresentar QR code e ter altos padrões de segurança, com o processo todo digital e criptografado.

O Pix é mais simples e seguro do que o cartão de crédito, por exemplo, que possui mais chances de ser fraudado.Além disso, facilita a doação de qualquer valor e pode ser utilizado inclusive pelo doador que possui apenas carteiras digitais.

Denise Amaral, CEO da Rifa Tech, comenta que com a adesão do Pix, os casos de falso positivo diminuíram muito, aumentando a satisfação dos doadores — de forma objetiva, um falso positivo acontece quando o sistema de proteção dos cartões de crédito bloqueia indevidamente uma transação legítima.

A decisão pela Transfeera está ancorada na segurança que a fintech oferece. Além disso, o suporte para a integração das plataformas foi um grande diferencial, o destaque foi para a documentação da API. A comunicação fluida e eficiente auxiliou em todo o processo. A Rifa Tech também pode construir junto da Transfeera um modelo de negócio adaptável e flexível.

A confiabilidade do sistema é o grande diferencial da plataforma na nossa visão, tanto em processamento de transações quanto em relação a disponibilidade do sistema, que está sempre operando, comenta Denise Amaral.

Banner Vakinha

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!