Processamento de Pagamentos Sistema de pagamento automatizado elimina falhas em operações online

Sistema de pagamento automatizado elimina falhas em operações online

Guilherme Verdasca

Guilherme Verdasca

Empresas que realizam muitos pagamentos geralmente sofrem com as constantes falhas nas transferências. Se algum dado é informado incorretamente, a transferência volta e nem sempre é possível saber onde estava o erro. Imagine isso em grande escala. Nesse caso, um sistema de pagamento automatizado é uma solução bastante eficiente.

Um exemplo de empresa que conseguiu reduzir significativamente as falhas em operações online é o Vakinha, maior plataforma de financiamento coletivo do Brasil.

O site é usado para criar as famosas vaquinhas on-line de pessoas, que contribuem para um objetivo em comum. O dinheiro é enviado para a plataforma e, depois, o criador da vaquinha faz o saque.

O site já ultrapassou 500 mil campanhas abertas. E, até a pouco tempo atrás, todos os envios eram feitos manualmente, o que dava muito trabalho. Também havia falhas operacionais, aumentando ainda mais os custos com estornos e atrasos.

Mas, o Vakinha começou a usar o sistema de pagamento automatizado Transfeera, que revolucionou as rotinas financeiras da empresa.

Neste artigo, saiba mais sobre como a nossa plataforma conseguiu resultados surpreendentes na redução de falhas em operações online para o Vakinha.

Confira o case completo da parceria entre o Vakinha e a Transfeera 

Banner Vakinha

Quais eram os desafios do Vakinha

Toda vez que o objetivo de uma campanha no Vakinha era alcançado e o usuário pedia o saque, a empresa fazia uma transferência de forma manual por TED.

A desvantagem estava não apenas no quão trabalhoso era o processo, mas principalmente no alto custo das taxas cobradas pelas instituições bancárias.

E se o cliente tivesse informado algum dado errado no cadastro, a tentativa de pagamento era feita mesmo assim.

Com isso, vem o problema de a instituição bancária não devolver o valor da tarifa, pois entende que a responsabilidade informar corretamente os dados é do pagador. Ela apenas estorna o valor da transferência.

Como não era feita nenhuma conferência das informações dos beneficiários, os erros nas transferências bancárias eram muito comuns.

E o pior: nem sempre era fácil identificar qual dado estava incorreto. Dessa forma, ficava difícil informar ao dono da vaquinha qual tinha sido a causa do estorno.

Além disso, o Vakinha sentia falta de comprovantes individuais integrados para auxiliar a gestão de pagamentos. Afinal, era muito demorado salvar tudo manualmente.

Observando o seu processo de pagamento, o CEO do Vakinha, Luiz Felipe Gheller, percebeu que precisava otimizá-lo, automatizando as transações, já que a tendência era a plataforma crescer ainda mais.

Foi aí que ele encontrou o nosso sistema de pagamento. Em pouco tempo, já fazia as transferências automatizadas de recursos das contas Vakinha para as contas bancárias dos usuários diretamente da própria plataforma, integrada à Transfeera por meio de API.

Conteúdos Relacionados:

Mas o que realmente transformou o dia a dia de pagamentos do Vakinha foi começar a usar a nossa solução de validação de contas bancárias.

Finalmente, a plataforma tinha como evitar as falhas, conferindo se os dados cadastrados pelos usuários estavam corretos antes de realizar as transferências.

Case Vakinha: 50% menos falhas em transações bancárias com a Transfeera

Como o nosso sistema de pagamento reduz falhas nas transferências

O validador de contas bancárias Transfeera faz uma verificação em todos os dados de pagamentos para conferir se correspondem a contas válidas nas instituições bancárias.

A ferramenta faz essa análise por meio de algoritmos e consulta a CPF/CNPJ, para saber se os dados bancários e pessoais que foram cadastrados conferem.

Se algum dígito estiver incorreto, seja da conta ou dos dados pessoais do favorecido, a ferramenta vai acusar e indicar qual é o possível erro.

Essa checagem é realizada no momento do cadastro do cliente. Dessa forma, a empresa pode corrigir os erros primeiro e, só depois, realizar as transferências, evitando que elas retornem.

Após essa verificação, com os dados todos corretos, as transferências são efetuadas com sucesso e sem perda de dinheiro com possíveis estornos.

Uma versão gratuita do validador de contas bancárias está disponível online. Para validar qualquer conta bancária, é só acessar a ferramenta e preencher os seguintes campos:

  • Banco
  • Nome
  • CPF ou CNPJ
  • Agência e dígito
  • Tipo da conta
  • Conta e dígito
  • Seu e-mail

Experimente o validador de contas bancárias da Transfeera gratuitamente

O Vakinha é um ótimo exemplo de como o nosso sistema de pagamento automatizado é eficiente na redução de falhas em transferências bancárias. Com ele, a plataforma conseguiu diminuir os erros em 50%.

“A Transfeera nos proporcionou um ganho operacional enorme nas transferências e, inclusive, na nossa comunicação com o usuário, que agora tem seus comprovantes disponíveis de forma individual. Assim, pudemos focar na nossa própria operação, sem nos preocupar mais com as transferências”, disse Luiz Felipe Gheller, CEO do Vakinha.

Quer saber mais sobre outros benefícios que o Vakinha teve com o nosso sistema de pagamento, além de reduzir as falhas nas transferências? Confira o case completo.

Ir para case

Banner solicite uma demonstração

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!