A Transfeera não realiza empréstimos financeiros. Em caso de dúvidas, fale com nossa ouvidoria.

Processamento de Pagamentos
Cuidados e vantagens do pagamento e recebimento em QR Code

Cuidados e vantagens do pagamento e recebimento em QR Code

Lidar com finanças sempre foi uma tarefa burocrática, com a exigência de inúmeras informações e senhas para realizar transações. Mas, hoje já é possível tanto pagar quanto receber fazendo a leitura de um simples código, conhecido por QR Code.

Você conhece as vantagens de usar o pagamento por QR Code na sua empresa? Neste artigo, listamos os motivos pelos quais você precisa considerar esse novo meio de transações financeiras para facilitar o seu dia a dia, e como implementá-lo com segurança no seu negócio virtual. Boa leitura!

O que é o pagamento por QR Code?

QR Code é a sigla para Quick Response Code (em português, Código de Resposta Rápida). Assim como o tradicional código de barras, o QR Code possui também uma série de caracteres que funcionam como o comando de um código.

Os QR Codes podem ser lidos de qualquer dispositivo móvel com câmera, que possua um aplicativo para a leitura e que esteja conectado a internet.

Como funcionam os pagamentos com QR Code

Para realizar pagamento com QR Code tudo o que o usuário precisa fazer é apontar a câmera para o código com o aplicativo de leitura. O processo ocorre de forma rápida e com segurança.

Ao fazer o escaneamento do código, o usuário recebe diversas informações. No caso de QR Codes para pagamentos, essas informações são: dados bancários, valor do produto/serviço, data de pagamento, juros, multas etc.

Quais são as formas de pagamento por QR Code?

Existem duas formas de pagamentos por QR Code, que são QR Code estático e QR Code dinâmico. Ambos possuem o mesmo objetivo de ser uma ferramenta facilitadora de cobrança. No entanto, existem algumas diferenças entre eles:

  • QR Code estático: é a opção ideal para pequenos varejistas e prestadores de serviços. Esse tipo de código pode ser usado em várias transações. Ou seja, se o negócio virtual tem um valor fixo a receber mensalmente, ele pode passar um único código que poderá ser utilizado a cada vez.
  • QR Code dinâmico: conhecido por PIX Cobrança, trata-se de um código criado por venda. Assim como em um boleto, no QR Code dinâmico é possível configurar informações que vão além do valor da compra, tais como multas, descontos e juros. A opção pode ser muito vantajosa para lojistas, prestadores de serviços, fornecedores e outros usuários.

No vídeo a seguir, Rafael Negherbon, cofundador da Transfeera, explica melhor sobre os tipos de QR Code:

Como funciona o Pix por QR Code?

Para que a sua empresa faça pagamentos e recebimentos por QR Code, é necessário fazer a adesão ao Pix, o meio de pagamentos instantâneos do Banco Central.

Esse método está disponível para qualquer pessoa jurídica, sendo necessário apenas ter uma conta ou carteira digital em alguma das instituições financeiras participantes, como a Transfeera.

Tendo uma conta Pix, é possível gerar o QR Code para receber dos seus clientes. Além disso, a sua empresa passa a ter a possibilidade de fazer transferências apenas lendo o QR Code gerado pelo favorecido, seja um parceiro, um fornecedor ou um funcionário.

APIs para fintechs

Quais são as vantagens de usar QR Code para pagamentos e recebimentos?

1. Praticidade

Tendo uma conta ou uma carteira digital para realizar pagamentos por meio de QR Code, fica dispensado o uso de cartões e dinheiro em espécie, possibilitando mais praticidade para o dia a dia dos clientes.

O mesmo vale para os pagamentos da empresa, que se tornam muito mais práticos com a alternativa de fazer as transações por QR Code, sem precisar digitar os dados bancários.

2. Agilidade

Os pagamentos e os recebimentos via QR Code também proporcionam muito mais agilidade para as rotinas financeiras da empresa.

No caixa, por exemplo, deixa de ser necessária a contagem de cédulas e o cálculo do troco e lidar com a instabilidade dos cartões de crédito também deixa de ser um problema.

Os pagamentos a fornecedores e funcionários passam a ser um processo muito mais rápido, uma vez que é só apontar para o código dos favorecidos e as transações estão feitas.

Conteúdos Relacionados:

3. Redução de custos

Quando a empresa opta por fazer pagamentos com QR Code, os custos acabam sendo bem reduzidos. Isso porque a gestão financeira não precisa mais pagar taxas altas para fazer transferências bancárias usando TED ou DOC. O uso mais comum de QR Code é por meio do Pix, que garante taxas bem mais baixas para as operações.

Além disso, a agilidade proporcionada pelo método contribui para a redução de custos no caso dos recebimentos. Um estabelecimento que recebe pagamentos via QR Code tem filas menores e isso pode até mesmo reduzir o número de caixas.

4. Integração

As carteiras digitais permitem que a empresa tenha quase tudo em um só lugar. É possível ter em uma única plataforma serviços de pagamento, recebimento, transferência, recarga de celular e até pagamento de boletos.

A Transfeera, por exemplo, é uma plataforma de gestão e processamento de pagamentos e recebimentos e pode ser integrada via API ao sistema que a empresa já tiver, agregando funcionalidades automatizadas e garantindo que a empresa não precise entrar em cada Internet Banking das instituições em que tiver conta.

Saiba mais sobre como as fintechs impulsionam os serviços financeiros:

Meios de pagamento: o papel das fintechs na ampliação de serviços para empresas

5. Segurança

Outra vantagem do uso do QR Code para pagamentos e recebimentos é que esse método tende a ser mais seguro do que outras formas de pagamento. Isso porque conta com sistema de criptografia que impede que dados sejam roubados.

Além disso, o código é atualizado com frequência para conferir mais segurança às transações financeiras.

Como implementar o QR Code no seu negócio?

Com a solução de pagamentos da Transfeera é possível criar QR Codes para receber pagamentos por meio do Pix. Dentre as vantagens de contar com a plataforma, citamos:

  • Pagamentos e recebimentos em um só lugar sem o Internet Banking
  • Recebimento 24 horas por dia, 7 dias por semana por Pix
  • Recebimento de alerta na API a cada nova entrada de valor na conta
  • Comprovante de recebimento do cliente ou parceiro em tempo real
  • Emissão de QR Codes de cobrança
  • Integração com o ERP financeiro da empresa

A integração é feita pela API Pix, que tem como objetivos:

  • Tornar a integração com soluções de automação de pagamentos mais facilitada;
  • Reduzir os custos aos usuários finais;
  • Ampliar a concorrência no setor de pagamentos.

Para saber as possibilidades que uma API Pix oferece aos negócios e como a sua empresa pode fazer essa integração, acesse este material.

Material API Pix

 

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!