Gestão Financeira Já organizou seu plano de pagamentos para 2021? Dicas para não errar!

Já organizou seu plano de pagamentos para 2021? Dicas para não errar!

Fernando Nunes

Fernando Nunes

O fim do ano se aproxima e planejar as rotinas financeiras de 2021 é a maneira mais inteligente de impulsionar o crescimento do negócio. Se a sua empresa busca resultados melhores no próximo ano, é imprescindível já elaborar um plano de pagamentos.

A saúde financeira de qualquer empresa depende de organização. Por isso, uma boa gestão do fluxo de caixa é o que vai garantir que o negócio cumpra as obrigações, honrando seus compromissos financeiros e pagando fornecedores e funcionários em dia. Além, é claro, de poder ter controle para investir no crescimento da empresa.

Elaborar um plano de pagamentos para todo o ano possibilita uma tranquilidade maior para a gestão. E, para isso, ter um fluxo de caixa organizado já contribui muito para construí-lo de maneira eficaz.

Se você não sabe como elaborar um plano de pagamentos, este artigo pode ser útil. Vamos mostrar como criá-lo, a partir de dicas práticas para que seja uma tarefa um pouco menos complexa.

Como criar um plano de pagamentos eficaz para a empresa?

O primeiro passo para criar um bom plano de pagamentos é ter o controle adequado do fluxo de caixa. Não adianta querer planejar os pagamentos se a empresa não gere adequadamente as entradas e as saídas do negócio.

Essa gestão é o que vai definir se a empresa ficará estagnada e sempre com problemas de orçamento ou se ganhará força para crescer.

A seguir, trazemos algumas dicas que podem te ajudar a aproveitar essa organização do seu fluxo de caixa para criar um plano de pagamentos para 2021.

Estreite a relação com os seus fornecedores

Se você analisar as suas contas a pagar, verá que provavelmente boa parte delas são para fornecedores. Por isso, para criar o seu plano de pagamentos para o próximo anos, é importante negociar diretamente com eles.

Estreitar essa relação pode garantir negociações mais vantajosas para a sua empresa, como descontos mais significativos e prazos maiores para pagar.

Dica: Some todos os valores faturados no ano por cada fornecedor, e use estes totais como argumento para a sua negociação com eles.

Além disso, fazendo esse planejamento junto aos fornecedores, você consegue programar os pagamentos para os dias do mês em que o seu caixa estiver mais cheio.

Aumente a atenção relacionada à contabilidade

A rotina de pagamentos da sua empresa está intimamente ligada à contabilidade. Esse é um fato que não pode ser ignorado. Nesse sentido, é preciso considerá-la para criar o seu plano de pagamentos.

É a contabilidade que orienta todo o planejamento tributário do negócio, ou seja, garante uma melhor relação com os órgãos do governo ,  como a Receita Federal .

Sendo assim, ao considerar a contabilidade na elaboração do plano da sua empresa, é uma consequência que você dê mais atenção também aos pagamentos. Afinal, é assim que é possível evitar problemas com o Fisco.

Como a dinâmica tributária no Brasil é bastante complexa, isso impacta a forma da sua empresa se organizar, emitir notas, gerar relatórios etc.

Conteúdos Relacionados:

Tenha critério ao definir os próximos investimentos

O crescimento de uma empresa depende de investimentos, principalmente aqueles ligados à inovação, que tornam os processos do negócio mais eficientes. Afinal, é a partir de decisões como essas que a empresa passa a ter melhores resultados.

Por isso, quando falamos em criar um plano de pagamentos para todo o ano, é preciso considerar também os investimentos. Mas é importante ter critério para defini-los, cuidando para que não coloquem em risco o patrimônio da empresa.

Ou seja, tenha cautela com as possibilidades de investimentos, mesmo que surjam oportunidades aparentemente imperdíveis. A intenção é não comprometer os pagamentos dos fornecedores, dos funcionários e até mesmo algum investimento que a empresa tenha feito anteriormente.

Avalie a saúde financeira da empresa antes de decidir por qualquer novo investimento, considerando todos os compromissos que o seu negócio já assumiu.

Automatize tarefas

Até aqui, já deu para perceber que um plano de pagamentos não é algo tão simples de fazer. Mas, sem dúvidas, é algo necessário e que pode trazer uma visão mais ampla do seu negócio para decisões melhores ao longo de 2021.

Para facilitar esse processo, que é cheio de detalhes, você vai precisar automatizar algumas tarefas. Um bom software de gestão financeira pode te ajudar nisso, especialmente se você puder integrar via API com uma solução específica de gestão e processamento de pagamentos, que ofereça funcionalidades para facilitar colocar em prática o seu plano de pagamentos.

Uma plataforma como essa é capaz de tornar o trabalho muito mais fácil e rápido. Por exemplo, é possível automatizar todas as transferências bancárias para os fornecedores e para os funcionários, sem risco de esquecer as datas corretas.

Além disso, existe a possibilidade de verificar os dados bancários automaticamente, evitando que as transferências sejam realizadas para outros favorecidos por engano ou para uma conta inexistente, o que gera estornos, retrabalhos e prejuízo.

Tudo isso com comprovantes das transferências enviados também automaticamente, evitando cobrança dos fornecedores. Uma forma bem mais simples de gerir os pagamentos da empresa, a partir de relatórios que dão uma visão completa do negócio.

Um outro benefício, é que ao utilizar uma plataforma específica de gestão de pagamentos, seu histórico anual de transações fica organizado. Além disso, a solução apresenta relatórios que facilitam o planejamento para o ano seguinte, baseado em dados reais, dando mais segurança para as decisões.

E, então, preparado para criar o plano de pagamentos de 2021 para a sua empresa? Esperamos que essas dicas te ajudem a fazer o negócio crescer. Mas só o plano de pagamentos não é o suficiente.

Banner Infográfico: 5 pontos para ganhar escala nos pagamentos da sua empresa

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!