Processamento de Pagamentos Open banking: conheça a solução Transfeera

Open banking: conheça a solução Transfeera

Guilherme Verdasca

Guilherme Verdasca

O open banking é um assunto que tem intensificado as discussões sobre o futuro do sistema financeiro do Brasil. Segundo o Banco Central, o sistema começa a ser implementado no segundo semestre de 2020, o que deve revolucionar a forma como este  mercado funciona.

O que é open banking?

A ideia do open banking é abrir para que os próprios clientes das instituições financeiras tenham posse de seus dados, que hoje estão nas mãos dos bancos. A partir dessa abertura, os clientes poderão autorizar o compartilhamento desses dados com o mercado, o que permitirá que movimentem suas contas a partir de várias plataformas de serviços e não mais apenas diretamente pelo banco.

Com o open banking regulado e funcionando, toda a lógica do mercado financeiro muda, abrindo espaço para o crescimento das fintechs, que podem oferecer serviços muito mais vantajosos para os clientes, em comparação com as instituições financeiras tradicionais.

A propósito, o open banking também se torna um incentivo para que essas instituições revertam a atual imagem de burocracia dos bancos, uma vez que precisarão se reinventar para não perderem mercado para fintechs e bancos digitais.

Como empresas como a sua podem se beneficiar com o open banking?

Hoje, antes mesmo da regulamentação do open banking, empresas já se beneficiam com as facilidades oferecidas pelas fintechs, que usam dados cedidos por meio de parcerias contratuais com grandes instituições financeiras.

A Transfeera – fintech open banking de gestão de pagamentos online -, por exemplo, está integrada com a Caixa, o Itaú, o Sicoob, o Sicredi, o Santander, o Bradesco e o Banco do Brasil, que permitem aos clientes realizar pagamentos para esses bancos por meio de uma solução que livra as empresas das altas taxas com transferências de TED e DOC.

Mas, a partir da abertura proporcionada pelo open banking, os bancos não mais terão o poder de escolher com quem farão esse tipo de acordo, conforme seus interesses. A abertura será geral e não será mais necessário fazer parcerias com cada instituição financeira. Todas as instituições deverão ceder os dados dos clientes, seguindo a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Com isso, as fintechs poderão oferecer ainda mais praticidade e eficiência em seus serviços, proporcionando principalmente custos mais baixos para os clientes. Na prática, isso significa muitos benefícios para empresas que buscam serviços financeiros sem burocracia, mais rápidos e mais baratos.

Dentre os benefícios do open banking, estão a liberdade dos clientes para poder escolher o serviço que melhor performa, além de a competitividade aumentar e, com isso, mais produtos e serviços devem aparecer.

A Transfeera se adiantou: já oferece aos clientes uma solução de pagamentos online ágil e barata e a validação bancária por meio de API.

O que é a solução Transfeera?

A Transfeera é uma solução open banking que nasceu da ideia de baratear as transferências de TED e DOC para empresas que precisam fazer muitas transações. Hoje ela automatiza pagamentos a fornecedores, movimentando mais de R$ 70 milhões por mês de mais de 150 clientes, entre eles nomes como iFood, Rappi, PayGo, Vakinha, Ebanx, Paggue, Unilever, Kimberly-Clark, Whirpool e General Mills.

O crescimento da fintech tem sido de 15% ao mês e ela já começa a expandir, dando os primeiros passos para a internacionalização, com foco na América Latina.

O diferencial está em tornar o processo de payout mais simples, seguro e eficiente, em apenas 4 passos.

Conheça os 4 passos do payout feito com a Transfeera

1. Criação ou importação do lote de pagamentos

Por meio de uma interface simples e intuitiva, você cria seu lote de pagamentos. Se preferir, você pode importar uma planilha ou integrar diretamente seu sistema financeiro à Transfeera por meio de API.

2. Envio do dinheiro para a Transfeera

Em uma única transferência, você envia diretamente do seu banco o valor referente ao montante total do seu lote de pagamentos.

3. Realização dos pagamentos

Assim que é confirmado o crédito referente ao seu lote, é iniciada automaticamente a realização dos seus pagamentos, com a validação de dados dos seus favorecidos. Finalizados os seus pagamentos, são anexados os comprovantes para você ter fácil acesso, a qualquer hora.

4. Visão geral dos pagamentos

Além de reduzir seu custo operacional e seus gastos com tarifas bancárias, a Transfeera gera relatórios para você saber como está a eficácia dos seus pagamentos, ajudando a corrigir dados incorretos e minimizando as perdas por pagamentos errados.

O outro diferencial da Transfeera é a validação de dados bancários, que é realizada antes de efetuar os pagamentos, garantindo que a transferência vá para a conta certa. Saiba mais sobre essa solução: quero saber mais sobre o Conta Certa.

Você também pode solicitar uma demonstração para a solução de gestão e processamento de pagamentos da Trasnfeera.