Tecnologia Futuro dos meios de pagamento: o que esperar para os próximos anos

Futuro dos meios de pagamento: o que esperar para os próximos anos

Guilherme Verdasca

Guilherme Verdasca

Se você tem um negócio que está crescendo, seja ele físico ou digital, sem dúvida sabe da importância de contar com soluções de automação para conseguir escalar. As ferramentas que auxiliam os processos financeiros são indispensáveis para garantir a organização das contas da empresa. Por isso, é essencial estar por dentro do futuro dos meios de pagamento, observando as tendências e avaliando o que pode ser interessante ao perfil do negócio.

A tecnologia já deixou de ser um diferencial, podendo ser considerada até mesmo obrigatória para empresas que querem se manter no mercado. As inúmeras demandas do dia a dia e a agilidade exigida pelos clientes requerem ferramentas que contribuam para rotinas financeiras mais eficientes, ficando impossível fugir dos recursos tecnológicos.

Com o objetivo de, mais do que facilitar a gestão financeira, oferecer também serviços inovadores, novos meios de pagamento têm sido desenvolvidos e bem aceitos pelo mercado.

A proposta é garantir uma experiência de pagamento mais agradável, ágil e segura, tanto para clientes fazerem compras quanto para empresas fazerem pagamentos de fornecedores e funcionários.

Neste artigo, trouxemos informações do que acreditamos que será o futuro dos meios de pagamento, considerando as tendências apontadas por consultorias e especialistas.

Levantamos alguns meios de pagamento do futuro nos quais você deve se manter de olho para não perder espaço no mercado nem a oportunidade de ter melhores processos na sua empresa. Continue a leitura e fique por dentro.

Como prevemos que seja o futuro dos meios de pagamento?

O futuro dos meios de pagamento, assim como de tecnologias em geral, está pautado em novidades para facilitar a vida das pessoas. Estão cada dia mais comuns as inovações que permitem aos usuários menos esforço, mais agilidade, mais segurança e a possibilidade de tomar melhores decisões a partir de dados.

Confira algumas das tendências que acreditamos que estarão entre os meios de pagamento do futuro.

1. Pagamentos via smartphones serão maioria

Hoje o dinheiro ainda é uma forma de pagamento bastante usada. De acordo com pesquisa do Banco Central realizada em 2018, 60% das pessoas apontam o dinheiro como sendo a forma de pagamento utilizada com maior frequência.

No entanto, essa realidade vem mudando com certa velocidade. Com o avanço da transformação digital em todos os setores, os bancos também começaram a se adaptar e o open banking passou a dar o poder das informações e históricos bancários aos usuários para que eles usem esses dados a seu favor independente da bandeira do banco que decidir ingressar como cliente.

Dessa forma, foram impulsionados os meios de pagamento digital, como o PIX, que garante aos usuários transferências de dinheiro instantâneas e sem burocracia.

Portanto, os consumidores vêm se adaptando às facilidades da tecnologia aplicada às formas de pagamento e usando o dinheiro de papel cada dia menos e dispensando também os cartões. A tendência é que, em breve, a maioria das pessoas já estejam acostumadas a pagar tudo pelo smartphone, dada a segurança e a praticidade do processo.

2. Pagamentos por biometria e reconhecimento facial

Com o avanço de tecnologias como biometria e reconhecimento facial, possivelmente não demorará muito para que tenhamos formas de pagamento do futuro usando essas funcionalidades.

O open finance é um modelo que vem crescendo, permitindo que empresas ofereçam serviços financeiros por meio de terceiros especializados. Isso significa que uma mesma empresa poderá ofertar infinitas funcionalidades, bastando ter uma forma de atestar a identidade do usuário.

Sendo assim, o dinheiro do cliente pode estar em qualquer lugar e ser acessado para fazer pagamentos sem que seja necessário apresentar nenhuma documentação. Parece algo muito distante, mas, com a velocidade que as tecnologias vêm avançando, não podemos dizer que é algo para muitos anos à frente.

Bastam algumas adaptações de integração de sistemas, interoperacionalidade e cyber security para que logo soluções com essas características apareçam por aí.

Conteúdos Relacionados:

3. A carteira digital será uma realidade

Hoje, é comum ver pessoas que já não andam mais com a carteira cheia de documentos pessoais. Eles foram reduzidos, como é o caso da carteira de habilitação, que já inclui dados como CPF e identidade.

Podemos dizer o mesmo em relação às formas de pagamento: cheques, cédulas e moedas estão ficando para trás.

Primeiramente, as cédulas de papel foram sendo substituídas por cartões com funções de  débito e crédito. Mas logo começarão a considerar o modelo de carteira digital, em que os dados financeiros serão armazenados e, quando for feito qualquer tipo de compra, poderá utilizar uma solução de meio de pagamento especializada como base de dados.

Essa é uma forma eficiente de evitar os riscos de segurança, principalmente em cidades grandes, de andar com grande quantidade de dinheiro na carteira.

4. Cashless será adotado por empresas

O sistema cashless (sem dinheiro) é uma das tendências que podem estar presentes no futuro dos meios de pagamento. A ideia é motivar um comportamento de utilização mínima de dinheiro e considerar a adesão de um serviço de créditos contratados anteriormente para consumir em estabelecimentos comerciais.

Esse é um modelo que também deve depender da tecnologia dos smartphones para oferecer aos usuários a possibilidade de efetuar suas compras por meio deles ou ainda fazer transferências entre bancos, sendo necessário apenas que as contas sejam cadastradas para esse tipo de serviço.

Agora que você já sabe mais do futuro dos meios de pagamento, confira também o conteúdo:

Banner Tudo sobre o PIX e o que estamos fazendo por você

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!