Validação de Dados Bancários Valide dados bancários do pagamento digital e evite estornos

Valide dados bancários do pagamento digital e evite estornos

Fernando Nunes

Fernando Nunes

O open banking possibilitará que novas soluções financeiras passem a fazer parte do dia a dia das empresas. Ao poder usar seus dados bancários livremente, ficou mais fácil agregar uma série de serviços que até então não estão disponíveis. É o caso da automação e validação de dados bancários para pagamento digital.

Apesar da validação de dados bancários ter uma procura maior com a implementação do open banking ela já é real e sua empresa pode se beneficiar desta solução agora.  Entenda por que: 

Sem esse tipo de solução, as empresas registram muitas falhas nas operações bancárias. Isso porque, quando os pagamentos em lote são feitos manualmente a ocorrência de erros se torna maior.

Falhas que podem custar, além de perda de tempo, retrabalho e demandas de suporte junto aos fornecedores, novos custos com taxas e estorno para a empresa. 

Ao contar com uma solução de validação de dados bancários, como a da Transfeera, o pagamento digital sempre será destinado à conta certa porque os pagamentos só são realizados se os dados do favorecido estiverem corretos.

Se alguma informação não corresponder a uma conta válida na instituição bancária, a solução acusa, indicando qual é o dado que pode estar incorreto.

Essa medida é responsável por reduzir muito as ocorrências de falhas em pagamento digital. E isso significa menos atrasos, menos gastos com multas e juros e mais satisfação dos favorecidos, que também recebem os comprovantes de transferência automaticamente.

Conteúdos Relacionados:

Benefícios do validador de dados bancários no pagamento digital

Para se ter uma ideia, com o nosso validador de dados bancários, o Vakinha, maior site de financiamento coletivo do Brasil, conseguiu reduzir em mais de 50% as falhas na realização das transferências para os usuários da plataforma. Antes da solução, em caso de erro, o usuário só seria avisado cerca de um dia depois de enviar suas informações.

“Com a solução da Transfeera, conseguimos saber o que aconteceu quando um pagamento não foi efetuado, atuando inclusive preventivamente. Além disso, o usuário recebe o comprovante de forma rápida, o que dá transparência ao processo e diminui o número de dúvidas, reduzindo o nosso atendimento”, conta Luiz Felipe Gheller, CEO do Vakinha.

Outro exemplo é o do AiQFome, terceira maior plataforma de delivery do Brasil, que, desde que começou a usar a nossa solução, menos de 3% das 4 mil TEDs realizadas mensalmente retornaram. Um percentual muito baixo, considerando a grande quantidade de transferências.

Neste artigo, entenda como funciona a nossa solução de validação de dados bancários para pagamento digital e como ela pode contribuir para que a sua empresa evite estornos e desgastes com seus parceiros.

Conheça a solução da Transfeera

Nossa solução de validação de contas bancárias, o Conta Certa, é baseada em dois modelos: básico e micro depósito. Entenda as diferenças entre eles.

Básico

A solução básica de validação de dados é integrada ao formulário de captura de dados da empresa por meio de API. Assim, quando um novo fornecedor ou parceiro insere os dados, o gestor pode verificar de forma instantânea se os dados estão corretos e respeitam os padrões bancários.

A API faz o cruzamento do nome informado com nome do documento, e confere os dados de banco, agência, conta e tipo de conta. Com isso, retorna validações sobre esses itens e erros padronizados, além de sugerir correções nos dígitos e tipo de conta para alguns bancos.

O foco dessa solução é evitar que as empresas recebam dados de forma incorreta. O Conta Certa tem uma performance superior a 75% na redução de falhas em pagamento digital.

Micro depósito

Já a solução de micro depósito do validador de conta bancária é uma API para ser integrada ao sistema de gestão ou cadastro de fornecedores ou ERP da empresa. O retorno de uma validação por micro depósito pode ser em 24 horas ou na manhã do dia seguinte ao envio à Transfeera.

Essa API executa a mesma validação da anterior e inclui um micro depósito na conta do fornecedor ou parceiro, para garantir que a conta está aberta, pertence ao documento informado e pode receber valores de terceiros.

Além dos erros já mencionados no modelo básico, a solução também retorna erros por conta bloqueada, conta inexistente, falha no pagamento e documento informado divergente com documento do titular da conta.

No modelo de micro depósito, a performance é superior a 95% na redução das falhas em pagamento digital.

Confira essa comparação para entender melhor as diferenças entre os dois modelos:

Básico

Micro depósito
  • API integrada ao formulário de captura de dados da empresa
  • API integrada ao sistema de gestão ou cadastro de fornecedores ou ERP da empresa
  • Verificação instantânea dos dados, assim que são inseridos
  • É feito micro depósito com retorno em 24 horas ou na manhã do dia seguinte ao envio
  • Retorna validações sobre nome, dados de banco, agência, conta, tipo de conta e erros padronizados
  • Retorna validações do modelo básico + Erros por conta bloqueada, conta inexistente, falha no pagamento e documento informado divergente com documento do titular da conta
  • Performance superior a 75% na redução de falhas
  • Performance superior a 95% na redução de falhas

Quer saber na prática como funciona o validador de dados bancários da nossa plataforma de pagamentos online?

Faça um teste grátis: validador de conta bancária online

Se tiver alguma dúvida ou quiser mais informações, entre em contato com nossos especialistas.

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!