Gestão Financeira
Use a tecnologia e faça uma boa gestão de recebíveis na sua empresa

Use a tecnologia e faça uma boa gestão de recebíveis na sua empresa

Guilherme Verdasca

Guilherme Verdasca

A gestão de recebíveis está entre os principais processos de administração financeira de uma empresa para manter as contas em dia.

É essa organização que permite que o gestor tenha uma ideia mais precisa de quanto dinheiro deve entrar no curto prazo, o que contribui para um melhor planejamento de fluxo de caixa.

Por isso, fazer uma boa gestão de recebíveis é importante para otimizar o controle de finanças da empresa, especialmente se o negócio buscar estratégias inovadoras para torná-lo mais eficiente.

Neste artigo, preparamos uma lista de sugestões para você ter esse processo otimizado. Confira!

2. Pagamentos antecipados ou à vista

Receber o pagamento de contas antecipadamente também é uma forma prática de otimizar a gestão de recebíveis. Além disso, prefira sempre os pagamentos à vista na sua empresa.

Portanto, é fundamental criar maneiras de incentivar essa forma de pagamento, seja concedendo descontos, oferecendo brindes ou criando programas de fidelização para que os clientes optem por fazer os pagamentos em dia ou de forma antecipada.

3. Acompanhamento dos recebíveis

É essencial não apenas registrar, mas também acompanhar de forma periódica todos os recebíveis.

Isso garante um controle mais rigoroso sobre todos os valores a serem recebidos no curto prazo e também contribui para estimar se o caixa disponível será suficiente para quitar todos os custos do negócio.

A periodicidade desse acompanhamento vai depender do porte da empresa. Em negócios menores, pode ser realizado diariamente.

Já em empresas maiores, o intervalo também pode ser maior, sem que isso prejudique a eficiência da gestão de recebíveis.

Conteúdos Relacionados:

4. Cobrança de clientes inadimplentes

Acompanhar a inadimplência dos clientes é indispensável para uma boa gestão de recebíveis. Esse é um problema comum na maioria das empresas.

No entanto, quando o índice de inadimplência está alto, pode acabar gerando impacto no fluxo de caixa e dificultando que a própria empresa honre seus compromissos financeiros, além de refletir também no investimento para desenvolvimento do negócio.

Sendo assim, é preciso estabelecer um processo de cobrança de inadimplentes. Para isso, tenha uma política bem definida com parâmetros para seguir, lembrando que o contato deve ser educado e oferecer soluções para que a dívida seja quitada e ambas as partes fiquem satisfeitas.

Banner AiQFome

5. Relatórios financeiros

Para uma gestão de recebíveis eficiente, os relatórios e os demonstrativos financeiros são indispensáveis.

Os números apontados por esses documentos podem dar indicações valiosas sobre como está o controle das finanças, indicando problemas e questões que podem ser melhoradas.

Além disso, os relatórios também podem ser importantes para definir metas e estabelecer indicadores financeiros.

6. Automação de processos

A gestão de recebíveis pode ser uma rotina trabalhosa e que toma um tempo que poderia ser melhor utilizado em outras atividades mais importantes para o negócio.

Dessa forma, é importante utilizar boas ferramentas que não apenas facilitem esse processo, mas também contribuam para reduzir erros e melhorar resultados.

Para facilitar a gestão de recebíveis, contar com a tecnologia é um ótimo caminho. Os sistemas de gestão são excelentes aliados no controle financeiro, automatizando os processos e permitindo mais agilidade e produtividade nas rotinas.

É importante que a empresa implemente um sistema que tenha sido desenvolvido especificamente para essa finalidade, mostrando todas as transações feitas de forma clara, prática e direta.

Inovação em processos financeiros: em que fase sua empresa está?

Como receber dos clientes com praticidade e segurança?

Considerando as vantagens da aplicação da tecnologia na gestão de recebíveis, a Transfeera desenvolveu a ContaPix, solução que permite receber e fazer pagamentos por meio do Pix.

O novo meio de pagamento do Banco Central já é bastante prático e inovador, mas, aliado à solução da Transfeera, ganha o diferencial de permitir que o QR Code gerado seja pago apenas pelo titular ou portador da conta, se a empresa assim desejar.

Essa configuração pode ser usada ao gerar o Pix Cobrança com o valor que o cliente deve pagar, fazendo a exigência de que apenas o titular consiga efetuar o pagamento. Ao evitar que outras pessoas paguem o QR Code gerado, a empresa se mantém aderente às melhores práticas de PLD (prevenção de lavagem de dinheiro).

A ContaPix Transfeera também permite:

  • Pagamentos e recebimentos em um só lugar, sem precisar acessar o Internet Banking;
  • Recebimento por Pix a qualquer dia e horário;
  • Alerta a cada nova entrada de valor na conta;
  • Comprovante de recebimento do cliente ou parceiro em tempo real;
  • Emissão de QR Code de cobrança reduzindo os custos com boletos;
  • Integração com o ERP financeiro da empresa.

Conheça a ContaPix Transfeera

Saiba também sobre como os bancos tradicionais estão sendo transformados com as inovações proporcionadas pelo open banking. Confira este estudo:

Estudo market share de bancos: como a descentralização e a digitalização impactam os bancos tradicionais

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!