Processamento de Pagamentos
Como e por que utilizar o Pix para fazer cobranças recorrentes?

Como e por que utilizar o Pix para fazer cobranças recorrentes?

As cobranças recorrentes são utilizadas por negócios que trabalham com planos, assinaturas e mensalidades. Com elas, a empresa garante uma receita contínua e, consequentemente, consegue ter um planejamento financeiro mais preciso.

No entanto, toda história tem dois lados. Apesar de esse tipo de pagamento trazer vantagens como finanças mais assertivas (e outras que veremos neste artigo), quando as atividades de cobrança recorrente possuem um alto grau de tarefas manuais, elas podem resultar em riscos operacionais.

Para mostrar a você como evitá-los, conheça sobre as cobranças recorrentes e veja as vantagens de uma plataforma de automação de pagamentos/recebimentos para diminuir a manualidade dos processos financeiros relacionados ao cash in da sua empresa.

Quais são os tipos de cobranças recorrentes?

Existem vários modelos que podem ser adotados para as cobranças recorrentes, tais como:

Mensalidades

Sabe os planos de academia (como trimestrais, semestrais ou anuais) que oferecem descontos na mensalidade? Esse é um exemplo de cobrança recorrente, pois a pessoa assume o compromisso de realizar os pagamentos durante o período de tempo acordado.

Assinaturas

Os serviços de streaming são os melhores exemplos de recorrência programada. Mas podemos citar ainda as assinaturas de clube de livros e vinhos, dentre tantas outras.

Assim como no caso das mensalidades, aqui também estamos falando de um modelo no qual o cliente escolhe o plano que deseja e se compromete a pagar por um tempo determinado para usufruir do produto ou serviço.

Entregas recorrentes

É o que ilustra o Programe e Poupe da Amazon, um programa de entregas recorrentes. Nele o cliente recebe entregas automáticas dos produtos elegíveis que selecionar.

Citamos o exemplo da Amazon, mas este é um recurso que pode ser utilizado por empresas que oferecem um serviço ou um produto que é utilizado ou consumido com uma certa frequência.

Por exemplo, um restaurante pode agendar com seus clientes entregas recorrentes todo dia, toda semana, quinzenalmente etc.

Empresas SaaS

O modelo SaaS, ou Software as a Service, entrou em cena no início dos anos 2000. Trata-se de um serviço baseado em nuvem no qual o cliente, em vez de fazer o download de um software para utilizá-lo, acessa um aplicativo por meio de um navegador da Internet.

Empresas SaaS costumam oferecer diversos planos com cobranças recorrentes. Os clientes, por sua vez, costumam pagar um valor fixo mensal para utilizar os recursos de um software 100% online.

Banner Três cases de sucesso com o Pix

Como implementar e otimizar cobranças recorrentes no seu negócio?

Para implementar a cobrança em modo recorrente, dê uma olhada nos passos abaixo:

Verifique se seus produtos/serviços têm demanda recorrente

Os pagamentos recorrentes ocorrem quando os clientes autorizam uma empresa a cobrá-los por bens ou serviços em um cronograma pré-estabelecido (semanal, mensal, trimestral e assim por diante).

Isso significa que, para conseguir ter cobranças recorrentes, seus produtos e/ou serviços precisam ter uma demanda também recorrente. Ou seja, eles precisam ter um consumo frequente.

Escolha um dos modelos de precificação

A economia da recorrência possui diversos tipos de precificação, como:

  • Precificação fixa: comum no setor da educação, como nas mensalidades de colégios e faculdades, trata-se de definir um preço único para mensalidades, planos e assinaturas.
  • Precificação por camadas: o valor a ser pago pelo cliente varia de acordo ao que ele deseja ter acesso. Normalmente o modelo oferece opções de planos que vão desde o básico até o mais completo. Academias e empresas SaaS costumam adotar este tipo de precificação.
  • Precificação por consumo: o preço está atrelado ao consumo do cliente. Como exemplo estão os serviços de energia, telefonia e internet.
  • Freemium: neste modelo o usuário utiliza uma versão gratuita do produto ou serviço por um período limitado. Passado esse período, ele é cobrado recorrentemente.

Utilize um software de gestão de pagamentos

Imagine você controlar os débitos mensais em uma planilha de Excel. Se o seu negócio for pequeno e a cobrança recorrente estiver nos seus primeiros passos, pode até ser que você consiga ter um certo controle, embora saibamos que processos manuais são muito mais falhos e ocupam um tempo precioso.

Já imaginou, porém, quantos funcionários serão necessários para dar conta do recado à medida que o negócio for crescendo e mais clientes aderirem ao programa de pagamentos recorrentes?

Planeje a cobrança recorrente

Quais meios de pagamento seu negócio irá aceitar? Como as cobranças serão realizadas? Qual será a política de desconto, multas e juros? O que acontece se o cliente cancelar a recorrência programada?

Essas são algumas perguntas a se fazer na hora de colocar em prática o pagamento recorrente. E sobre os meios de pagamento, é importante considerar os recebimentos via Pix.

Por que usar o Pix em cobranças recorrentes?

Ter o Pix como forma de pagamento para a cobrança em modo recorrente traz vantagens como mais praticidade, agilidade, conveniência, segurança e menor inadimplência. Existe ainda um outro benefício que sem dúvidas pesa bastante na decisão: a economia em taxas.

Para te ajudar a ver o quanto sua empresa pode economizar aderindo ao Pix em suas cobranças, disponibilizamos gratuitamente a Calculadora Pix. Basta você informar seus gastos atuais com boletos e maquininhas que nós faremos o cálculo de quanto seu negócio poderá economizar com o uso do Pix.

Acesse e confira agora mesmo:

Banner Calculadora de Taxas Pix

Como utilizar o Pix para fazer cobranças recorrentes?

A melhor maneira de adotar o Pix nos recebimentos recorrentes é com o QR Code Dinâmico, conhecido por Pix Cobrança. Ele é utilizado como um substituto aos boletos bancários, uma vez que dá ao emissor a possibilidade de criar uma data de vencimento ou agendar uma cobrança.

Também como ocorre em um boleto, no QR Code dinâmico podem ser configuradas informações como multa, descontos e juros. Contudo, diferentemente dos boletos que podem levar até 3 dias para serem compensados, com o Pix o pagamento cai instantaneamente no caixa da empresa.

Como uma plataforma de automação de recebíveis pode trazer maior controle sobre cobranças recorrentes?

Uma plataforma de recebimentos como a ContaTransfeera para Receber dinamiza o processamento de cobranças recorrentes. Além disso, ajuda a reduzir os erros, pois lembramos que, embora sejam mais fáceis de serem realizadas, as transações via Pix não são isentas de falhas.

E para quem quer saber como fazer cobrança recorrente na prática, a ContaCerta para Receber, solução da Transfeera, emite QR Codes dinâmicos que dão muito mais segurança e controle sobre os recebimentos (a plataforma emite também QR Codes estáticos).

Para ajudar no controle dos recebimentos, a solução envia um alerta na API a cada nova entrada de valor na conta. Assim, garante que o contas a receber tenha em tempo real o comprovante de pagamento de seus clientes e parceiros.

Clique aqui e conheça mais sobre o ContaCerta para Receber, a plataforma de recebimentos Pix, e tenha total controle das cobranças recorrentes.

Produto - API Pix

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!