Gestão Financeira Organização do contas a pagar: veja o que priorizar para o ano que chega!

Organização do contas a pagar: veja o que priorizar para o ano que chega!

Fernando Nunes

Fernando Nunes

Como está a organização de contas a pagar da sua empresa? Está conseguindo fazer os pagamentos em dia ou precisa sortear qual conta pagar esse mês? Atravessamos um momento complexo na economia, então não é incomum que empresas estejam passando por problemas financeiros.

De acordo com estudo da consultoria britânica Oxford Economics, o Brasil está entre os países que mais se endividaram em 2020. Entre fevereiro e abril, período analisado pela pesquisa, os débitos de empresas brasileiras cresceram quase 15%.

Portanto, se o seu negócio está vivendo esse momento, saiba que, um bom planejamento pode ajudar muito a organizar as finanças. Agora, é mais do que necessário se programar para o próximo ano, o que vai exigir definição de prioridades.

Para te ajudar nesse planejamento, preparamos este artigo com tudo o que você precisa observar para a organização do contas a pagar da sua empresa e se preparar para 2021.

Quais devem ser as prioridades para organização do contas a pagar em 2021?

Se o caixa da sua empresa está mais apertado e fazer os pagamentos em dia está sendo uma tarefa complicada, antes de tudo, é preciso definir as prioridades.

Aqui, levantamos o que não deve sair do topo da sua lista de contas a pagar. Dessa forma, você consegue planejar melhor os pagamentos do ano e garantir a saúde financeira do negócio.

Conteúdos Relacionados:

Confira.

Salários e fornecedores

No topo da lista de pagamentos que a sua empresa deve priorizar precisam estar os salários dos funcionários e a quitação com os fornecedores.

Em relação a salários, esse é um compromisso financeiro que deve ser honrado sem um mínimo de dúvidas. Além de manter em dias suas responsabilidades com a sua equipe, o não pagamento pode gerar problemas trabalhistas para a empresa. E isso pode acarretar em ainda mais gastos com questões jurídicas, multas e indenizações. Dessa forma, nem que você recorra a linhas de crédito, honre sua folha de pagamento.

Quanto aos pagamentos dos fornecedores, o recomendado é a empresa acertar os pedidos já realizados e avaliar se é necessário manter a quantidade das compras ou mesmo deixar de fazer novos pedidos.

Para isso, é preciso conferir com cautela o histórico do estoque, além do status atual das vendas. Dessa forma, você pode ter uma projeção de como pode ser o ano que vem e fazer a organização do contas a pagar.

Também é importante tentar uma negociação com os fornecedores para estender os prazos de pagamento. Essa simples mudança pode desafogar o seu caixa e permitir que a empresa se recupere em meses ruins.

Lembrando que o débito referente ao pagamento dos fornecedores deve ser considerado logo no recebimento das vendas. Não ignore esse fluxo para não prejudicar a saúde financeira da empresa.

Complemente a leitura:

Banner Infográfico: 5 pontos para ganhar escala nos pagamentos da sua empresa

Aluguel do espaço de trabalho

A segunda prioridade que deve estar na lista de contas a pagar da sua empresa são os gastos com aluguel do ponto comercial ou do escritório de trabalho.

Nesse caso, também é possível buscar uma negociação com o proprietário para reduzir o valor do aluguel até que as contas da empresa sejam regularizadas.

Impostos

É fundamental ter bastante atenção no pagamentos de impostos. A prioridade se dá porque as consequências de não pagá-los podem resultar em bastante dor de cabeça.

Por exemplo, se a empresa não pagar o ICMS e comprar de fornecedores de outros estados, pode ter seus produtos retidos nos postos de fiscalização. Resultado: prejuízo para o negócio.

Além disso, empresas que precisam de certidão negativa de débitos para determinadas atividades ou licitações podem ficar prejudicadas.

Então, faça uma relação de todos os tributos que a empresa deve, caso haja, e planeje como pode ser feito o pagamento, tanto dos atrasados quanto dos tributos do próximo ano. Assim, a gestão pode ser organizada com mais clareza.

Facilite a organização do contas a pagar com um sistema automatizado

O planejamento de contas a pagar geralmente é uma avaliação que envolve muitas variáveis e isso pode ser bastante trabalhoso se for realizado manualmente.

Por isso, sugerimos que a empresa conte com um sistema automatizado que auxilie na gestão e no processamento de pagamentos.

Além de ter todas as informações sobre os pagamentos realizados, permitindo uma visão ampla da situação financeira da empresa, é possível fazer os pagamentos também de forma automatizada.

Dessa forma, a equipe do financeiro ganha tempo, evita retrabalho e reduz os custos com taxas de bancos, já que geralmente essas plataformas cobram um valor muito inferior pelas transferências bancárias.

Esse tipo de solução também contribui para que a empresa elimine falhas nas transações e deixe de pagar multas por atraso ou por estorno de transferências incorretas. Isso porque o sistema faz uma verificação dos dados bancários inseridos antes de enviar o dinheiro. Se houver qualquer divergência, a transação não é concluída.

Portanto, um sistema de gestão pode ser muito útil não apenas para planejar a organização do contas a pagar do próximo ano, mas também para manter as rotinas financeiras da empresa em dia, tornando os processos mais ágeis e seguros.

Avalie o uso desta solução não como um custo, mas sim como um investimento que rapidamente trará retorno positivos para  a gestão financeiro do seu negócio.

Você pode saber mais sobre como uma solução como essa auxilia a empresa no case do AiqFome, aplicativo de delivery de comida que usa a nossa solução da Transfeera para pagar os restaurantes, ganhando muito mais eficiência:

Banner AiQFome

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!