Gestão Financeira
Serviços de delivery: como usar validação bancária com fornecedores?

Serviços de delivery: como usar validação bancária com fornecedores?

Nos últimos anos, os serviços de delivery no Brasil vem crescendo constantemente e abrindo cada vez mais espaço no food service do país.

Esse cenário foi potencializado no período da pandemia, ao passo que restaurantes foram fechados e os aplicativos de entregas tornaram-se parte do cotidiano de muitas pessoas.

Mesmo com a pandemia próxima do fim, o serviços de delivery no Brasil deve continuar em expansão.

Dessa forma, garantir um funcionamento otimizado e seguro dessas ferramentas é fundamental para o estabelecimento dos serviços de delivery como uma potência no mercado.

Nesse artigo, destacamos os motivos que transformaram o serviço de delivery nesse gigante que conhecemos hoje e mostramos passos fundamentais para garantir um processo saudável com fornecedores e restaurantes através das soluções certas.

Siga a leitura!

A escalada do mercado de delivery no Brasil

Desde o início da pandemia do COVID-19 em março de 2020, diversas áreas econômicas foram drasticamente afetadas.

A pausa repentina nas atividades causou a quebra de mais de 716.000 empresas.

Dentro desse número, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes definiu que 300 mil estabelecimentos tiveram que encerrar suas atividades em decorrência ao lockdown.

No entanto, se podemos destacar um campo que expandiu suas fronteiras e aumentou em grandes proporções seus números, certamente estamos falando dos serviços de delivery no Brasil.

Oferta de novos serviços como saída diante da crise

Pesquisas do Nupens (Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde), da Faculdade de Saúde Pública da USP, destacaram que o país viu um crescimento de 150% no número de usuários de aplicativos de delivery, no período de março a abril de 2020.

Além disso, a quantidade de pedidos feitos nesses softwares também alavancou, crescendo em 975%.

Essa grande mudança no mercado pode ser traduzida em números.

De acordo com estudos feitos pela Food Consulting, o serviço de delivery no Brasil teve um crescimento de 250% no ano de 2020.

Segundo a Statista, o Brasil foi o responsável por 48,77% dos números de delivery na América Latina, seguido por México (27,07%) e Argentina (11,85%).

E toda essa expansão dos aplicativos de comida resultou na movimentação astronômica de US$ 6,3 trilhões ao redor do mundo, de acordo com a Statista. Todos esses dados evidenciam o tamanho e a dimensão do setor não apenas em nosso país, mas em uma escala internacional.

Como resultado desse crescimento, podemos afirmar que certamente o futuro da alimentação está nos serviços de delivery.

O futuro do food service está no delivery

Com todos os números e dados aqui citados, podemos reforçar um fato: os serviços de delivery no Brasil vieram para ficar.

E não apenas isso. Essa área está totalmente atrelada com o futuro do food service e com as formas de vender alimentos nos próximos anos.

Segundo pesquisas feitas pela Galunion em parceria com o Instituto Qualibest, 21% dos entrevistados utilizará ainda mais essas plataformas mesmo depois da pandemia.

Isso prova que o food service dificilmente será o mesmo de antes do início da pandemia. 

O levantamento da Galunion com o Instituto Qualibest mostrou que entre março e abril deste ano, 40% dos estabelecimentos relataram uma redução de 50% em suas vendas em comparação a 2019.

Considerando esses dados, muitos restaurantes, mesmo aqueles que continuam mantendo suas atividades presenciais, irão investir no serviço de delivery para potencializar suas vendas e aumentar as margens de lucro.

Um dos principais pilares a nortear o futuro do mercado de delivery, contudo, é a qualidade de compra para todos os componentes de uma transação. 

Ou seja, a experiência do negócio precisa ser positiva desde o consumidor final até o entregador e restaurantes.

Plataformas de delivery oferecem pagamento diferenciado ao entregador

Por exemplo, digamos que um entregador tenha que optar por oferecer seus serviços para duas plataformas.

Enquanto a primeira conta com um sistema de pagamentos otimizado e garante um salário em dia, a segunda não apresenta essas vantagens. Naturalmente, a opção escolhida será a primeira.

Esses diferenciais oferecidos pela plataforma podem trazer uma cadeia de muitos resultados positivos para o negócio. Afinal, quando um fornecedor ou restaurante fica satisfeito com o funcionamento dos mecanismos da plataforma, consequentemente ele terá em suas mãos ferramentas para melhorar seus serviços e cumprir as obrigações. E essa boa experiência com o uso da solução reverbera diretamente na satisfação do cliente.

Além disso, um aplicativo que não apresenta recursos de pagamentos e dificulta a fluidez nas transações certamente atrapalha o consumidor final.

Essas problemáticas, inclusive, podem fazer com que o entregador ou restaurante até abandonem o uso da plataforma, optando por alguma outra com funcionamento mais ágil e seguro.

Desse fato, podemos concluir que a experiência do negócio precisa ser satisfatória para todos os envolvidos para que a empresa prospere.

Nesse cenário, contar com soluções inovadoras responsáveis pela validação de dados bancários e que ofereçam facilidades e mais segurança nas transações são pilares fundamentais para um aplicativo mais competitivo e funcional.

Transfeera como aliada financeira das empresas

A Transfeera é uma fintech que tem como objetivo fornecer soluções que facilitem processos de validação de contas bancárias e otimização das transações financeiras para as empresas do setor de delivery.

A Fintech foi fundada no ano de 2017 em Santa Catarina pelos empreendedores Fernando Nunes, Guilherme Verdasca e Rafael Negherbon. Atualmente atende mais de 400 clientes pelo Brasil inteiro do segmento de marketplaces e fintechs.

A motivação inicial para o surgimento da startup foi visando a resolução de uma necessidade pessoal: os altos custos cobrados para a realização de transferências bancárias (como o TED, por exemplo).

Para driblar esses valores – que se colocados na ponta do lápis, podem fazer grande diferença no final do mês -, o objetivo inicial da Transfeera foi aglutinar contas e saldos em vários bancos para que transferências interbancárias sejam realizadas com tarifas muito menores.

Hoje, a fintech atua com soluções voltadas para pagamentos, recebimentos e validação de dados bancários que garante um fluxo financeiro completo com segurança e agilidade.

ContaTransfeera para efetuar pagamentos de fornecedores

Através da ContaTransfeera, é possível realizar os pagamentos de forma automatizada para cada entregador ou restaurante parceiro, ganhando agilidade e reduzindo custos com taxas bancárias.Tudo isso por meio de uma plataforma intuitiva e otimizada ou uma integração via API no seu sistema financeiro.

A Quero Delivery, por exemplo, viu um aumento de quatro vezes mais pagamentos em um ano usando a solução da Transfeera. Confira a case do cliente.

Além da solução para reduzir taxas bancárias e automatizar pagamentos, a ContaCerta, solução que valida contas bancárias e chaves Pix também foi uma inovação Transfeera.

ContaCerta levando eficiência às operações de pagamentos de delivery

O período da pandemia elevou os números do mercado de delivery para patamares altíssimos. 

Como consequência do crescimento desse setor, surgiu a necessidade de uma solução que promova velocidade aos pagamentos e um sistema antifraudes efetivo, além de garantir eficiência no processo de cadastro de dados bancários de clientes e fornecedores.

É nesse cenário que a ContaCerta mostrou-se como uma excelente ferramenta para o serviço de delivery.

Ao executar o onboarding dos fornecedores, é possível garantir que os dados cadastrais estejam corretos desde a primeira etapa. Com a ContaCerta a validação dos dados bancários ou chave Pix é feita instantaneamente, fazendo com que apenas o dado correto chegue ao time financeiro.

Essa solução oferece dois modelos: o básico e o avançado. 

No básico, a validação é realizada em tempo real, utilizando a verificação de dados bancários e da Receita Federal.

Em contrapartida, no modelo avançado, o sistema faz microdepósitos na conta de destino para verificar a existência de bloqueios bancários ou judiciais, garantindo que o pagamento caia na conta e para a pessoa correta.

Além disso, a ContaCerta também tem a possibilidade de identificar e apontar falhas que possam causar problemas na conclusão de um pagamento.

Dessa forma, a ferramenta da Transfeera indica ao usuário quais pontos estão atrapalhando a realização do negócio, como um dígito errado, por exemplo.

Soluções Transfeera já atendem a mais de 400 clientes no país

Hoje, a Transfeera atende mais de 400 clientes.

Dentre eles, temos nomes fortíssimos do serviço de delivery, como o Ifood, James Delivery, Zé Delivery, Quero Delivery, Delivery Much, etc. Desde o início da pandemia, em março de 2020, o número de validações triplicou e hoje a Transfeera valida 1,2 milhões de contas bancárias por mês.

Quer conhecer um pouco mais sobre a ContaCerta?

A solução da Transfeera é essencial para  a rotina das validações bancárias de seus parceiros (incluindo chaves Pix), garantindo um processo de pagamentos mais eficiente e otimizado.

Essa melhoria no setor de pagamentos e validação bancária pode ser demonstrada em números. A fintech Empréstimo Sim conseguiu reduzir em 70% a devolução de TEDs utilizando a solução.

Por fim, para saber mais sobre o case de sucesso da Empréstimo Sim, confira o material completo!

Banner Case Empréstimo Sim

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!