A Transfeera não realiza empréstimos financeiros. Em caso de dúvidas, fale com nossa ouvidoria.

Tecnologia
Gestão de produto: conheça as 3 principais etapas

Gestão de produto: conheça as 3 principais etapas

Se os colaboradores de uma empresa são seus ativos mais importantes, os produtos são a essência do negócio. Por isso, é na gestão de produtos que está o desafio de garantir a satisfação dos clientes e impulsionar as vendas.

E é mesmo um desafio, porque para conseguir se manter em um mercado competitivo que é o comércio online, é preciso ter a estratégia certa. Esse é o primeiro passo para o desenvolvimento de produtos de sucesso.

Por tudo isso, neste artigo queremos conversar com você sobre a gestão de produtos e suas fases. Aproveite!

O que é gestão de produtos?

A gestão de produtos é a área da empresa que cuida do desenvolvimento e gerenciamento dos produtos durante todo o seu ciclo de vida. Por “produtos”, entenda também os serviços ou até mesmo os infoprodutos, pois tudo entra no mesmo guarda-chuva.

Trata-se de uma função de extrema relevância, pois a missão da área é encontrar o equilíbrio certo entre:

  • O valor que a empresa deve entregar aos clientes para obter lucro,
  • As necessidades dos clientes e
  • O que é operacional e tecnicamente possível para atendê-las.

Qual a importância da gestão de produtos?

Como comentamos, o gerenciamento de produtos é parte essencial para o sucesso de um negócio online. Além disso, a atividade traz diversas vantagens, dentre as quais separamos três:

Melhora a experiência do consumidor

Nas fases de criação de um produto, é necessário ouvir os clientes, entender suas necessidades, seus comportamentos e o que eles esperam. Tudo isso contribui para que a empresa ofereça produtos ou serviços melhores adaptados ao seu público-alvo.

Graças a isso, a experiência do consumidor melhora e, consequentemente, ele passa a ter um relacionamento ainda mais estreito com a marca.

Aumenta a lucratividade

A gestão de produtos é centrada no cliente. Ao identificar seus desafios e manifestá-los em soluções, a empresa consegue não apenas saber o que vai vender, mas também como transformar um produto em receita.

Isso porque o gerenciamento de produtos, além de descobrir o que os clientes gostam e não gostam, encontra as respostas para o por quê.

Melhora as vendas

O produto pode ser o melhor do mercado, mas ele precisa chamar a atenção do seu cliente para que ele decida comprá-lo.

Para o time comercial, a gestão de produtos ajuda os vendedores a serem mais persuasivos, uma vez que eles passam a utilizar argumentos alinhados às necessidades do público-alvo.

Reduz gastos desnecessários

Pelo fato de identificar oportunidades e saber exatamente quais desafios precisam ser transformados em solução, é que a gestão de produtos evita que a empresa corra riscos sem necessidades. Adicionalmente, contribui para que as estratégias certas sejam adotadas, o que evita gastos desnecessários.

Como chegar no produto ideal?

Via de regra, o produto ideal é aquele que entrega o que o cliente precisa. Na teoria isso pode até soar simples, mas na prática existem alguns caminhos a seguir.

Cada empresa tem seu próprio fluxo de gestão de produtos, por isso, pensando em quais atividades são necessárias, elas podem variar. No entanto, duas se destacam. São elas:

Pesquisa de mercado

É inevitável: para criar produtos e serviços alinhados às necessidades de seus clientes, ou para melhorar um produto ou serviços existentes, você precisa conhecer o que seu público quer e do que ele precisa.

Entrevistas e pesquisas de satisfação são duas maneiras de conseguir entender melhor as dores do seu mercado, a frequência de compra, como costuma ser a jornada de compra, entre outras informações.

Desenvolvimento de produto

Entendendo o perfil do cliente, a equipe de gestão de produtos já pode iniciar no desenvolvimento em si.

Aqui é importante levar em consideração a pesquisa de mercado, pois é ela que dará o rumo sobre o valor que será entregue. É ela também que definirá as características, os features e atributos que o produto deve ter.

A etapa de desenvolvimento compreende igualmente a criação de um Mínimo Produto Viável ou de um protótipo para que o conceito original possa ser testado.

Algo importante a considerar é que são os testes que determinarão se um produto ou serviço estará pronto ou não para ser lançado. Esses testes devem ser feitos com o público-alvo, para coleta de feedback.

Quais são as principais etapas da gestão de produtos?

São 3 as principais fases da gestão de produtos:

Acompanhe os dados

A gestão de produtos não se baseia em achismos, pelo contrário. O primeiro passo para desenvolvimento ou melhoria de produto ou serviço é justamente ouvir e entender as necessidades do público-alvo.

A análise do feedback do cliente é fundamental, mas o acompanhamento dos dados não se encerra aí. Negócios virtuais podem avaliar os produtos parados em prateleira, os índices de reclamação, os serviços mais requisitados e assim por diante.

Todas essas – e muitas outras – informações ajudarão a equipe a tomar decisões mais precisas e a ser também mais estratégica em suas ações.

Teste, teste (e mude se for preciso)

Os dados são fundamentais para a gestão de produtos. Entretanto, é preciso ver na prática se o que foi desenvolvido ou melhorado é aderente às necessidades do seu público.

A realização de testes é o momento em que é possível observar diversos itens, como a usabilidade, a experiência, a interface etc. Muitas vezes, é durante a etapa de testes que a equipe de desenvolvimento de produto percebe que precisa fazer alguma mudança.

É normal que isso aconteça. Aliás, além de ser normal, é muito melhor perceber que um produto precisa ser mudado enquanto ele ainda está em fase experimental, do que quando ele já tiver sido divulgado no mercado, concorda?

Foque na automatização

Conhecer o público e se concentrar no que ele precisa. Esse é o objetivo da gestão de produtos e a tecnologia pode contribuir para que ele seja alcançado, por meio da automação de produto..

Quando processos são automatizados, as informações são coletadas e analisadas rapidamente e, desse modo, problemas ou complexidades podem até se transformar em oportunidades.

Um exemplo é a automação da gestão de estoque, que pode auxiliar a gestão de produtos a entender o giro das mercadorias e avaliar o que precisa ser mudado. Outro é na própria etapa de pagamentos, pois muitas vezes o problema não é no produto em si, mas sim na fase de checkout.

Quando clientes têm problemas para concluírem suas compras, o melhor produto do mundo pode não evitar um carrinho abandonado.

Não esqueça da automação de pagamentos!

Se a gestão de produtos quer trazer a melhor experiência para o consumidor, é natural que isso inclua também a etapa do pagamento.

Além de otimizar processos e eliminar as burocracias, a automação de pagamentos traz mais segurança, agilidade e praticidade para as operações financeiras. Outras vantagens incluem:

  • Redução de custos operacionais;
  • Diminuição de erros;
  • Segurança das informações;
  • Aumento da produtividade;
  • Mais controle financeiro.

A solução de pagamentos da Transfeera gerencia e controla os recebimentos, de forma automatizada.  A ferramenta disponibiliza relatórios financeiros para que, assim como o que acontece na gestão de produtos, a gestão financeira seja baseada em dados.

Para agilizar os recebimentos e facilitar o pagamento para o cliente, nossa solução possibilita pagamentos por QR Code de cobrança e automatiza as rotinas de cash in e cash out por Pix. O objetivo é facilitar a vida do seu cliente para que o processo de pagamento ocorra sem atritos e seja ágil.

Se você deseja contar com um sistema de infraestrutura de pagamentos funcional e otimizado e que, principalmente, gere resultados que ajudem nas vendas, acesse o e-book: Passo a passo para criar uma excelente infraestrutura de pagamentos nas empresa.

Material - infraestrutura de pagamentos

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!