A Transfeera não realiza empréstimos financeiros. Em caso de dúvidas, fale com nossa ouvidoria.

Gestão Financeira
O que é acessibilidade financeira e por que ela é importante para seu negócio online?

O que é acessibilidade financeira e por que ela é importante para seu negócio online?

Em um país marcado pela desigualdade econômica como o nosso, falar em desburocratização dos serviços bancários é garantir mais acessibilidade financeira à população.

Aliás, quando tocamos no assunto, temos que lembrar que além da desigualdade econômica, existe uma outra questão a ser resolvida. Segundo o IBGE, cerca de 24% da população do Brasil – o que dá em torno de 45 milhões de pessoas – diz ter algum tipo de deficiência.

Isso significa que existe uma parcela da população que precisa que o acesso aos serviços financeiros, como financiamentos e até mesmo meios de pagamento, seja facilitado. É sobre esse assunto que queremos conversar com você neste artigo. Confira!

O que é acessibilidade financeira?

Primeiro, é importante entendermos que acessibilidade significa dar condições a todas as pessoas de realizarem suas atividades do dia a dia com segurança e autonomia.

Com isso em mente, a acessibilidade financeira tem a ver com a população mais vulnerável e muitas vezes desbancarizada conseguir usar os serviços e produtos financeiros. Trata-se, portanto, de inclusão.

Isso significa olhar para uma parcela das pessoas do nosso país e tornar a vida delas mais fácil, seja na hora de adquirir um financiamento, utilizar o cartão de crédito ou até fazer um Pix.

Qual a importância da acessibilidade financeira?

Entendemos que acessibilidade financeira significa inclusão. Está também relacionada a  fazer com que pessoas com algum tipo de vulnerabilidade tenham acesso a serviços e produtos que outros indivíduos possuem.

Sendo assim, o tema é importante para toda a sociedade: de um lado temos uma população que possui alguma dificuldade e, de outro, existe uma vida social e econômica acontecendo.

Dar a todos oportunidades iguais, independentemente de suas circunstâncias, é um papel que a acessibilidade financeira busca cumprir. Pense o seguinte, assim como não é certo impedir uma pessoa de entrar em um estabelecimento porque ela usa cadeira de rodas, também é errado não considerar que alguém com deficiência visual utilizará um site.

Da mesma maneira, não é correto desconsiderar uma fatia da população na hora de pensar em meios de pagamento, por exemplo.

Olhando para as empresas online, ao contribuírem para a acessibilidade financeira elas possibilitam um grupo da população a acessarem serviços que antes eram inacessíveis. Consequentemente, a inclusão ajuda no crescimento dos negócios digitais e até na própria economia.

Mas para entender a importância do tema, confira a seguir.

Acessibilidade financeira no Brasil

Apesar do avanço da digitalização durante a pandemia, conforme dados do Instituto Locomotiva o Brasil possui 34 milhões de pessoas com acesso precário aos serviços bancários. O número representa 21% da população, a qual movimenta anualmente cerca R$ 347 bilhões.

Com isso, entendemos que existem pessoas que não conseguem parcelar suas compras porque não possuem cartão de crédito, por exemplo. Ou seja, é um grupo da população que não está inserido no sistema financeiro.

Conforme comentamos, existem também os indivíduos que possuem alguma deficiência que os limita na questão do acesso. Por exemplo, 6,5 milhões de brasileiros possuem deficiência visual severa (3,4% da população). Desses, 582,6 mil têm perda total da visão (0,3% da população).

A acessibilidade financeira considera também outros fatores, como a acessibilidade cognitiva. Ela significa não apenas ter um site tecnicamente acessível, como igualmente utilizar frases fáceis de entender e curtas para evitar a chamada sobrecarga cognitiva.

Falando nisso, muitos clientes chegam na etapa de checkout e encontram muito texto ou dados para preencher. Como resultado, acabam desistindo da compra. Consegue ver a importância de considerar a acessibilidade financeira?

Aproveite e leia:

Abandono de carrinho no marketplace: quais as consequências e como evitá-lo?

O Pix como inclusão de acessibilidade financeira

O Pix parte da premissa de democratizar o acesso aos pagamentos digitais. Além de minimizar a burocracia, ele é fácil de usar e as transações ocorrem quase que instantaneamente.

Receber e pagar por Pix tornou-se tão natural, que de acordo com dados da Associação Brasileira de Bancos (Febraban), “o Pix se consolidou como o meio de pagamento mais utilizado pelos brasileiros”.

Para se ter uma ideia, com base em números do Banco Central, as operações via o meio de pagamento ultrapassaram todas as outras formas, como boletos, TED e DOC, e cartões de crédito e débito. Ainda, ele é a oportunidade ideal para diminuir o uso do dinheiro em espécie e todos os gastos envolvidos por trás, como os relacionados à logística e ao transporte.

Sua aceitação no Brasil já é comprovada, mas ainda pode ser maior. Para isso, o próprio BC criou algumas diretrizes para o Pix ser mais inclusivo, com o uso de tecnologias assertivas, como:

  • Integração dos aplicativos aos leitores nativos dos celulares;
  • Clareza na descrição das funcionalidades;
  • Utilização de avatares ou vídeos explicativos sobre Pix;
  • Assistente virtual em Libras;
  • Entre outros.

Outra iniciativa do BC é divulgar em seu site uma relação de participantes do Pix que possuem soluções voltadas à acessibilidade. São mais de 30 instituições financeiras listadas, sendo que para cada uma há as informações sobre as ferramentas que oferecem para tornar o meio de pagamento acessível para pessoas com deficiência visual, auditiva ou física.

Na mesma página são disponibilizados ainda vídeos com tradução em libras, explicando como o meio instantâneo de pagamentos funciona.

Com o Pix se tornando cada vez mais acessível, espera-se que ele seja ainda mais utilizado. Para seu negócio digital, oferecê-lo como meio de pagamento é mostrar que sua empresa se preocupa com a inclusão, ganhar reconhecimento de marca e aumentar as oportunidades de vendas.

Aproveite então para tirar todas as suas dúvidas sobre o Pix para empresas e começar a usá-lo. Acesse este guia 100% gratuito!

Banner Guia completo do Pix para empresas: tire suas dúvidas e comece a usar!

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!