Tecnologia
Iniciador de pagamento: o que é e quais os benefícios de utilizar a API da Transfeera

Iniciador de pagamento: o que é e quais os benefícios de utilizar a API da Transfeera

E-commerces e marketplaces são uma realidade do mesmo modo que as compras online são um caminho sem volta. Esse cenário faz com que os pagamentos digitais se consolidem e inovem cada vez mais. O Pix é um exemplo dessa inovação, pois além de agilidade, trouxe mais facilidade para a realização de pagamentos e transferências.

Mas as mudanças não param por aí. Visando reduzir as fricções na hora de pagar digitalmente por um produto ou serviço, e tornar a experiência do consumidor ainda melhor, o Banco Central lançou o iniciador de pagamentos.

Conhecido como ITP (Iniciador de Transação de Pagamentos) ou PISP (Payment Initiation Service Provider), a funcionalidade é um avanço significativo especialmente para pagamentos Pix. Entenda tudo a seguir.

O que é iniciador de pagamentos?

Os iniciadores de pagamentos são instituições reguladas pelo Banco Central que atuam como agentes. Sua missão é iniciar pagamentos ou transferências sem precisarem de fato acessaram as instituições de pagamentos. Para isso, os iniciadores conectam os usuários aos seus bancos, mantendo uma conta transacional transparente.

Trata-se de uma funcionalidade que só foi possível graças à implantação do Open Banking. Para contextualizar, os iniciadores de pagamentos entraram em cena na fase 3 do Sistema Financeiro Aberto.

Na prática, graças à estrutura de Open Banking os iniciadores de pagamentos permitem que os usuários realizem transações de pagamentos ou transferências via Pix, sem que para isso precisem entrar no aplicativo do banco ou digitar seus dados bancários.

Para as lojas virtuais, o iniciador de pagamentos possibilita que empresas de qualquer segmento ofereçam serviços financeiros internamente (é o conceito de embedded finance).

Relação entre Pix e iniciador de pagamentos

O Pix e o Open Banking são duas inovações do Banco Central. Em comum, tanto um quanto outro têm como objetivos:

  • Dar mais alternativas aos usuários
  • Reduzir o tempo e as etapas de um pagamento
  • Democratizar as transações financeiras

A iniciação de pagamentos é um processo ágil que ocorre em um tempo menor do que o que estávamos acostumados. A agilidade é também uma das vantagens do Pix.

O Pix é igualmente prático e tem tudo a ver com um ambiente digital. Essa é, aliás, uma das principais razões que fizeram com que o meio instantâneo de pagamentos fosse o primeiro a ser integrado ao ITP.

Banner Três cases de sucesso com o Pix

Como funciona a iniciação de pagamento?

O processo ocorre de forma rápida. É também bastante seguro, especialmente por dois motivos:

  1. A ordem de pagamento é iniciada diretamente da conta do usuário para o credor, isto é, não há nenhum intermediário nesse processo (como as bandeiras de cartão, por exemplo).
  2. O comando para iniciar toda a transação só inicia quando o cliente dá o seu consentimento para que o um provedor terceirizado (TTP) abra seu aplicativo e inicie o pagamento em seu nome.

O consentimento é dado em uma tela de confirmação no mesmo ambiente que o usuário já se encontra para realizar o pagamento ou a transferência. Desse modo, caso queira realizar um pagamento por Pix em uma compra em um e-commerce, por exemplo, o usuário não precisa abrir seu aplicativo bancário e nem acessar uma interface de pagamento online.

Em outras palavras, os clientes fazem suas operações diretamente pelo serviço que já estão usando.

Qual é o objetivo do iniciador de pagamentos?

O principal objetivo do iniciador de pagamento é reduzir a fricção nas transações. A fim de exemplificar, suponha que você deseje adquirir um produto em uma loja virtual.

De acordo com a forma de pagamento escolhida, você terá que:

  • Via boleto: emitir o boleto para pagamento
  • Via cartão de crédito/débito: inserir seus dados
  • Via Pix: copiar o código do Pix “Copia e Cola” ou fazer a leitura do QR Code no app do banco.

É nesse intervalo que ocorre um alto índice de abandono de carrinho e desistência da compra. Com o iniciador de pagamentos o número de etapas de todo o processo reduz de 7 para 3, trazendo muito mais agilidade. No próximo tópico você entenderá melhor.

Como é a experiência de compra com o iniciador de pagamentos?

Vamos dar exemplo para que você compreenda melhor: imagine que você tenha escolhido um produto para comprar em um marketplace.

Nas duas imagens abaixo, observe as etapas que teria que seguir para pagar via Pix sem o iniciador de pagamentos e as etapas a serem seguidas com o ITP:

 

Transfeera: uma das primeiras fintechs a oferecer o iniciador de pagamentos

Caso sua empresa deseje oferecer agilidade e melhorar a experiência de compra via Pix, a Transfeera pode ajudar. Nós desenvolvemos uma API de iniciador de pagamentos que conecta seu e-commerce aos bancos do mercado.

Dentre os benefícios do iniciador de pagamentos Pix da Transfeera, destacamos:

  • Experiência inovadora de pagamentos
  • Redução de abandono de carrinho
  • Aumento da conversão e das vendas
  • Gestão eficiente de pagamentos recebidos
  • Redução de custos operacionais

Como funciona a API Iniciador de Pagamentos da Transfeera?

A API que desenvolvemos funciona da seguinte maneira:

#01 – O primeiro passo é ter em mão as informações do seu cliente, tais como valor do pagamento, banco a ser iniciado, tipo de documento (PF ou PJ) e o número do documento.

#02 – Em seguida, a iniciação deve ser confirmada. Para isso, será preciso enviar uma url de retorno. Ao final do pagamento no banco, o app bancário redirecionará o usuário para essa url.

#03 – Você receberá em sua API uma url, essa url será usada por seu cliente para acessar seu app bancário, já levando para uma página de autenticação.

#04 – O usuário acessará seu banco utilizando o link. Após autenticado ele confirmará o pagamento.

#05 -Com o pagamento feito, o usuário é redirecionado para a url de retorno que você mandou anteriormente.

A ilustração abaixo ajuda a melhor visualizar o processo:

Caso queira ter mais detalhes técnicos da nossa API iniciador de pagamentos, consulte a documentação.

Para ver na prática como ela funciona, solicite agora mesmo uma demonstração!

API Iniciador de pagamentos

Quer receber esses conteúdos e as novidades em primeira mão diretamente em seu e-mail?

Cadastre-se e receba as atualizações do blog e sobre a Transfeera diretamente em seu e-mail.

Ao informar meus dados, concordo com a política de privacidade

Usamos cookies e tecnologias similares para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e conteúdos de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossos termos legais, confira!